Casal aposentado faz brinquedos artesanais para crianças carentes

Os 15 netos e quatro bisnetos serviram como testadores, até que o casal testemunhou a felicidade das crianças que recebiam os brinquedos

Manaus – Um casal aposentado transformou um hobby num motivo de viver e faz brinquedos artesanais de madeira para crianças carentes.

O veterinário Mike e a esposa Judy. (Foto: Sierra Sullivan)

De acordo com o Só Notícia Boa, o veterinário Mike e a esposa Judy, ambos com 72 anos, começaram presenteando familiares e depois começaram a fabricar num ritmo de dar inveja até ao Papai Noel.

Os 15 netos e quatro bisnetos serviram como testadores, até que o casal testemunhou a felicidade das crianças que recebiam os brinquedos feitos à mão.

Leia mais: Loja presenteia menino de 13 anos que sugeriu pagar parcelas com a venda de doces

Tradição

Mike é responsável pela produção dos brinquedos, enquanto Judy cuida da decoração e do controle de qualidade. O amor dele pelo trabalho em madeira é uma tradição familiar. Mike Sullivan cresceu em Montana. O pai dele era mineiro.

A família não tinha muito dinheiro. Os dois irmãos mais velhos eram carpinteiros, então muitos dos presentes de Natal que ele recebeu quando criança eram feitos em casa.

“A maioria das coisas que ganhei eram brinquedos feitos à mão. Eram brinquedos maravilhosos, sei o quanto gostei deles e só espero que as crianças que os têm agora ainda gostem”, disse à CNN .

Pandemia

Este ano, a pandemia fez com que muitas famílias perdessem o emprego o que tornou a missão dos Sullivans mais importante do que nunca.

Mike e Judy criaram e distribuíram cerca de 1.400 brinquedos que incluíam figuras de animais, quebra-cabeças e caminhões, entre outros. Os brinquedos deles foram doados pra crianças da Coachella Valley Rescue Mission, uma organização caridade.

Vaquinha

Com seus custos diretos estimados em cerca de 19 mil dólares – mais de 100 mil reais no ano passado – os Sullivans lançaram uma vaquinha no GoFundMe para manter a produção dos brinquedos. Agora Mike quer comprar uma impressora 3D para aumentar a produção. Ele e Judy querem continuar a produção de brinquedos enquanto puderem.

“Estamos com boa saúde e podemos ficar aqui seis a sete dias por semana durante oito a dez horas. É divertido”, disse Sullivan.

 

Anúncio