Cervejas artesanais estão na ‘moda’

Sommelier explica que o segmento tem crescido entre os apreciadores. O País já é o terceiro maior produtor da bebida artesanal, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e da China

Manaus – Degustar uma boa cerveja na companhia dos amigos e familiares é um prazer para muitas pessoas. Mais do que um hobby, a cerveja tem tornado-se um estilo de vida, principalmente quando se fala nas artesanais. Para quem quer iniciar nesse universo, o especialista e diretor da Escola Amazônica de Cerveja Patrick Gomes dá dicas para saborear melhor e preparar a própria bebida.

(Foto: Reprodução)

Para os iniciantes na degustação de cervejas artesanais, diz ele, o primeiro passo é estar aberto a sugestões de pessoas com conhecimento no assunto. “Quem está descobrindo esse universo é bombardeado por informações, com prateleiras cheias de novidades. O melhor é receber indicações com um sommelier de cervejas até que ganhe experiência, encontre o estilo de bebida que prefere e saiba fazer as melhores escolhas”, disse.

Para quem está começando, as cervejas com baixo amargor, aromas florais, frutais, leve caramelo, geralmente são as mais indicadas. Estilos como Witbier, Vienna Lager, Bohemian Pils e German Pils são interessantes.

No momento da degustação é preciso observar algumas caracterÍsticas da cerveja para que todos os sentidos sejam envolvidos, não só o paladar. “Avaliar aspectos visuais, como espuma, cor e turvação, os aromas que podem ser frutais, tostados, críticos, entre outros, além do paladar. A percepção geral da cerveja garante um melhor aproveitamento da bebida”, detalhou.

Patrick ressalta que as cervejas especiais são bastante diferentes das ‘comerciais’. Por isso, no momento de degustar é importante ter mais atenção com o aroma e os sabores que cada uma possui.

Faça em casa

Mais do que experimentar cerveja, se o iniciante quiser começar sua própria fabricação, é possível. O primeiro passo é comprar um kit de produção caseira ou montar seu próprio com panelas, sistema de filtração e balde fermentador.

Em seguida, o cervejeiro deve adquirir matérias-primas: malte, lúpulo e levedura. Há em Manaus, locais especializados na venda desses produtos. Também é preciso uma geladeira para conduzir o processo de fermentação e maturação da cerveja.

Patrick orienta os curiosos a se capacitarem tecnicamente para produzir cervejas de maior qualidade. Em Manaus, a Escola Amazônica de Cerveja, primeira do Norte especializada no assunto oferece cursos de produção, degustação e sommelier de cervejas.

Evento

Desde a quarta-feira (31), começou o ‘ Amazonas Beer Festival’, promovido pelo Amazonas Shopping, que acontece na Praça de Eventos da expansão do shopping até o dia 11 de agosto, a partir das 14h.
Além da programação cultural,tem o objetivo de fomentar a indústria cervejeira do estado. As marcas locais, como Mahy, Rio Negro, Tucan Brew, Porto de Lenha, Brew Shop e Taverna estão presentes, apresentando novidades do setor.

Anúncio