Check-Up amplo auxilia a detectar doenças

A maior parte dos homens, principalmente entre 40 e 60 anos, só buscam acompanhamento médico quando estão com doenças com sintomas bastante adiantados

Manaus – As mulheres acumularam, pelo menos, 80 milhões de consultas médicas a mais que os homens em todo o Brasil no ano passado, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Esse levantamento reflete diretamente na mortalidade e na gravidade das doenças, visto que a maior parte dos homens, principalmente entre 40 e 60 anos, só buscam acompanhamento médico quando estão com doenças com sintomas bastante adiantados.

“Elas estão mais habituadas a procurar o médico, mesmo sem que apresentem sintomas de doenças. Queremos ajudar os homens a também adquirirem esse comportamento, para que tenham mais qualidade de vida e evitem complicações gerais”, afirmou a médica cirurgiã vascular, Fabiana Lo Presti.

A maioria só busca acompanhamento médico quando está com doenças (Foto: Divulgação)

Para diminuir esse índice, uma das alternativas é a realização do check-up vascular. “Através de uma investigação mais profunda, conseguimos encontrar problemas mesmo antes do aparecimento de certos sintomas. Os homens precisam aprender a buscar atendimento e não esperar que suas companheiras insistam para isso”, assegurou a especialista.

De acordo com a médica, essa investigação pode ser determinante para o tratamento de doenças em pacientes de risco, como os que têm hipertensão, alterações do colesterol e triglicérideos, os que fumam e têm diabetes.

Dentre as opções de exames para esse público, um dos mais completos é o Índice Tornozelo-Braquial (ITB), quem tem uma assertividade de 98% a 100% na detecção de doenças cardiovasculares. “O procedimento não é invasivo e pode ser feito diretamente dentro do consultório, em uma única consulta. Assim, eles não precisam de tantas visitas ao médico para que obtenham um diagnóstico detalhado da sua saúde”, explicou.

Outra alternativa é o Doppler de carótidas, que tem papel importante na prevenção de ocorrências do Acidentes Vascular Cerebral, que é a segunda causa de morte no mundo. O exame é um procedimento simples, sem dor e que também pode ser realizado no consultório e gera imagens do interior das as artérias carótidas no pescoço.

Em Manaus, o exame é oferecido no Instituto Cardiovascular. Informações podem ser obtidas no perfil no instagram @drafabianalopresti , pelo número (92) 3584-5999 e no site www.icvmanaus.com.br.