Especialistas de Manaus fazem suas apostas para o Oscar 2018

Esta noite, o Teatro Dolby, em Los Angeles, na Califórnia, voltará a ser palco para a premiação mais importante do Cinema: os Academy Awards – conhecida, popularmente, como Oscar

Manaus  Esta noite, o Teatro Dolby, em Los Angeles, na Califórnia, voltará a ser palco para a premiação mais importante do Cinema: os Academy Awards – conhecida, popularmente, como Oscar. Em sua 90ª edição, a cerimônia está agendada para começar às 20h30 (horário de Brasília) e terá apresentação do comediante Jimmy Kimmel. O canal pago TNT transmitirá a premiação.

Neste ano, o romance fantasioso ‘A Forma da Água’ lidera as indicações, na cerimônia. Foram 13, no total. ‘Dunkirk’ vem na sequência, com oito nomeações. ‘Três Anúncios para um Crime’ concorre a sete estatuetas, ‘Trama Fantasma’ a seis e ‘Lady Bird: É Hora de Voar’, a cinco.

Novamente ignorado na categoria de Filme Estrangeiro, o Brasil é representado pela animação ‘O Touro Ferdinado’, dirigido por Carlos Saldanha, e por ‘Me Chame Pelo Seu Nome’, que concorre à estatueta de Melhor Filme e foi coproduzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira.

Novos talentos

O 90º Oscar ficou marcado por abrir espaço para novos talentos. Ausente na briga pelo Globo de Ouro de Melhor Diretor – o que causou bastante revolta, tanto no meio artístico como entre o público -, Greta Gerwig, de ‘Lady Bird: A Hora de Voar’, conquistou uma indicação na mesma categoria, nos Academy Awards. Conhecida por seus personagens excêntricos em frente às câmeras, a também atriz fez sua estreia como diretora na ‘dramédia’ estrelada por Saoirse Ronan.

Outro novato, igualmente nomeado ao prêmio de Direção, Jordan Peele foi responsável por uma das maiores surpresas (e sucessos) do ano passado: o suspense ‘Corra!’. Com um modesto orçamento de US$ 4.5 milhões, a produção, encabeçada por Daniel Kaluuya, indicado a Melhor Ator, e Alison Williams, da série ‘Girls’, arrecadou, somente nos Estados Unidos, US$ 176 milhões. Além disso, conquistou a expressiva média de 99% de aprovação, no Rotten Tomatoes – site norte-americano agregador de críticas de cinema e televisão.

Veja também: Oscar anuncia indicados para 2018

Previsão

De olho nos vencedores, a Revista PLUS deste domingo, 4, convocou três ‘experts’ na Sétima Arte para fazer suas previsões para a noite de hoje. Você confere, abaixo, as apostas (e desejos) dos críticos manauaras Caio Pimenta, Natasha Moura e Rebeca Almeida.

blankCaio Pimenta, Jornalista e editor-chefe do site Cine SET

Melhor Filme

Quem Deve Ganhar: ‘Três Anúncios para um Crime’

Quem Gostaria: ‘Trama Fantasma’

Nos últimos anos, a Academia tem quebrado aquela tradição de dar o Melhor Filme à produção do Melhor Diretor. Foi assim com ‘Argo’, ‘12 Anos de Escravidão’, ‘Spotlight’ e ‘Moonlight’. Por isso, acho que ‘Três Anúncios’ é o favorito. Isso cresceu muito após a vitória do Bafta e do SAG. O meu favorito é ‘Trama Fantasma’. Acho que seria uma justa homenagem ao Daniel Day-Lewis e um reconhecimento ao Paul Thomas Anderson, um dos melhores diretores americanos da atualidade.

Melhor Diretor

Quem Deve Ganhar: Guillermo Del Toro, por ‘A Forma da Água’

Quem Gostaria: Paul Thomas Anderson, por ‘Trama Fantasma’

O Guillermo Del Toro venceu todos os prêmios que poderia vencer nestes últimos meses. Ele perder seria algo semelhante ao ‘La La Land’ contra ‘Moonlight’ do ano passado. O Paul Thomas Anderson é fundamental para o cinema americano atual por trazer uma excelência técnica, domínio narrativo e temas importantes em cada projeto. Esse tipo de cineasta em Hollywood hoje em dia é raro.

Melhor Ator

Quem Vai Ganhar: Gary Oldman, por ‘O Destino de uma Nação’

Quem Deveria Ganhar: Daniel Day-Lewis, por ‘Trama Fantasma’

Apesar de buscar uma constante renovação, a Academia sempre barrar em certas convenções. A principal delas fica nas categorias de atuação quando você tem um intérprete que, mesmo fazendo grandes papéis ao longo do tempo, ganha apenas ao fazer uma personagem histórico, escondido em uma maquiagem enorme e gritando boa parte do filme. Gary Oldman será o clichê da vez.

A vitória do Day-Lewis seria uma forma ótima de consagrar um dos maiores atores de todos os tempos. Afinal de contas, caso ele vencesse, seria a quarta estatueta da carreira e, consequentemente, se isolaria como o maior vencedor de todos os tempos.

Melhor Atriz

Quem Deve Ganhar: Frances McDormand, por ‘Três Anúncios para um Crime’

Quem Gostaria: Saoirse Ronan, de ‘Lady Bird’

É outra que ganhou tudo o que pode na temporada de premiações. O legal dela ganhar é consagrar uma personagem feminina forte, determinada nesta época de #MeToo, além da Frances sempre ter aquela cara de que está pouco se importando se ganhou ou não. Agora, a Saoirse vem com uma carreira tão boa a tanto tempo mesmo sendo tão jovem que seria uma forma de parabenizá-la pela carreira fora dos padrões para uma garota da idade dela.

blankRebeca Almeida, Acadêmica de Jornalismo da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e crítica do Cine SET

Melhor Filme

Quem Deve Ganhar: ‘A Forma da Água’

Quem Gostaria: ‘Três Anúncios para um Crime’

Entre os favoritos ‘A Forma da Água’ e ‘Três Anúncios para um Crime’, minha torcida vai para o segundo. Embora os dois se apresentem como obras bem finalizadas e completas, o filme do diretor Martin McDonagh ressalta muitos aspectos interessantes para serem discutidos no contexto social em que estamos. Seus personagens são guiados por uma grande sensação de raiva e o filme mostra exatamente que este sentimento não é capaz de compensar. Mesmo eu não concordando com a visão de que os personagens conseguem uma redenção, acredito que suas personalidades retratam seres humanos sendo eles mesmos: características boas e ruins na mesma pessoa, e esta aprendendo a conviver consigo e com seus iguais.

Melhor Diretor

Quem Deve Ganhar: Guillermo Del Toro, por ‘A Forma da Água’

Quem Gostaria: Greta Gerwig, por ‘Lady Bird: A Hora de Voar’

Apesar de torcer imensamente para Greta Gerwig levar essa categoria por tornar ‘Lady Bird’ tão bem produzido, Guillermo Del Toro é o nome de 2018. O diretor já se destacou por várias produções em que mistura fantasia com realidade e ‘A Forma da Água’ não é diferente. Além de priorizar uma qualidade técnica incrível, Del Toro também atribuiu uma história apaixonante a seu filme, possibilitando uma adesão muito grande da crítica e também do público. Após ganhar premiações como Globo de Ouro e Bafta nessa categoria, o favoritismo do Oscar está confirmado a seu favor.

Melhor Ator

Quem Deve Ganhar: Gary Oldman, por ‘O Destino de Uma Nação’

Quem eu gostaria: Daniel Day-Lewis, por ‘Trama Fantasma’

Levando todas as principais premiações até agora, Gary Oldman deve ser o grande ganhador da noite, seu trabalho no filme ‘O Destino de Uma Nação’ é realmente digno de nota, porém, o segundo favorito, Daniel Day-Lewis é minha aposta nesta categoria. Protagonizando ‘Trama Fantasma’, o ator se despede do Cinema com uma interpretação primorosa, acompanhando facilmente todos os momentos pelos quais seu personagem percorre. Assim, Day-Lewis também apresenta um trabalho que valoriza sua atuação mesmo que o diálogo não esteja presente em determinada cena.

Melhor Atriz

Quem Deve Ganhar: Frances McDormand, por ‘Três Anúncios para um Crime’

Quem Gostaria: Margot Robbie, por ‘Eu, Tonya’

A disputa entre ‘A Forma da Água’ e ‘Três Anúncios para um Crime’ se repete também nesta indicação, com Sally Hawkins e Frances McDormand como protagonistas. Porém, Margot Robbie apresentou uma performance surpreendente em ‘Eu, Tonya’, elevando o nível do filme e de sua atuação. A Academia não deve premiá-la em 2018, porém, futuramente, é muito provável que outra indicação venha, juntamente de uma grande possibilidade de vitória.

blankNatasha Moura, Formada em Direito pelo Centro Universitário do Norte e crítica do Cine SET

Melhor Filme

Quem Deve Ganhar: ‘Três Anúncios para um Crime’

Quem Gostaria: ‘Projeto Flórida’

Mesmo sem a indicação do Martin McDonagh para Melhor Diretor (o que, normalmente, acompanha o filme ganhador) e ‘A Forma Da Água’ com o maior número de indicações do ano e o favoritismo do Del Toro, aposto em ‘Três Anúncios para um Crime’ como grande vencedor da noite. É um filme que vem ganhando cada vez mais força, um drama com tom político e que trabalha uma pauta revelante, prato cheio para premiação. Já meu favorito é um dos ‘grandes ignorados do Oscar’, não poderia escolher outro além de ‘Projeto Flórida’ que, para mim, é o filme do ano até agora (e acho difícil ser desbancado). Seu roteiro é forte, a direção é de qualidade e o elenco tem impacto e mantém harmonia entre todos os pontos.

Melhor Diretor

Quem Deve Ganhar: Guillermo Del Toro, por ‘A Forma da Água’

Quem Gostaria: Greta Gerwig, por ‘Lady Bird’

Como Melhor Diretor, o Guillermo Del Toro é o nome do ano. O cara consolidou um estilo poderoso e entra na onda maravilhosa em premiar cineastas mexicanos. A minha favorita é a Greta Gerwig, muito disso por adorar o trabalho dela como roteirista e atriz, além de querer ver uma mulher ganhar como Melhor Direção de novo (já que isso só aconteceu uma vez em toda história da premiação) e, ainda, pela representatividade e significado ao momento que a indústria vive. Acima de tudo, ela não deixa nada a desejar para os outros nomeados, pelo contrário, apresentou uma direção bem mais interessante que muito veterano ali.

Melhor Ator

Quem Deve Ganhar: Gary Oldman, por ‘O Destino de Uma Nação’

Quem Gostaria: Gary Oldman, por ‘O Destino de Uma Nação’

A estatueta já está nas mãos de Gary Oldman. ‘O Destino de Uma Nação’ não tem a decência de esconder que o filme coloca todas as suas forças em fazer o papel ‘oscarizável’ e, apesar do longa ser bem mais ou menos, a atuação de Oldman é absurda. Mesmo sendo um papel que se apoia bastante em maquiagem e caracterização, ele consegue se sobrepor com um desempenho impecável. É a coroação de um ator que vem tarde e tem papéis que mereciam reconhecimento há muito tempo. Oldman é o favorito do Oscar e o meu também.

Melhor Atriz

Quem Deve Ganhar: Frances McDormand, por ‘Três Anúncios para um Crime’

Quem Gostaria: Sally Hawkins, por ‘A Forma da Água’

Categoria disputadíssima. A maioria das atrizes indicadas foi de escolhas muito bem acertadas, mas, depois de vencer as principais premiações da industria (Globo de Ouro, Bafta e SAG) e tantas outras, a vitória é quase certa para Frances McDormand. Confesso que o coração ainda está bem divido entre a potência dela (de Frances) e a simpatia da Sally Hawkins, mas, o cuidado e a competência em viver a zeladora muda de ‘A Forma da Água’, coloca Hawkins um passo à frente.

Anúncio