Companhia de teatro do Amazonas abre temporada no Rio de Janeiro

As exibições são resultado do Edital Sesc RJ “pulsar 2022”

Manaus – A companhia de teatro infantil Buía apresenta o espetáculo “Cabelos Arrepiados” no Teatro 1, do Sesc Tijuca, no Rio de Janeiro. A opereta infanto-juvenil está em cartaz em uma temporada com 16 apresentações. As exibições são resultado do Edital Sesc RJ “pulsar 2022”. A Buía Teatro Company foi a única selecionada no Norte do país entre mais de dez mil inscrições nacionais.

“Cabelos Arrepiados” é dirigida pelo artista amazonense Tércio Silva e foi inspirada no universo de autores como Edgar Alan Poe e na cinematografia de Tim Burton. O texto da obra foi escrito pela autora, curadora, dramaturga e diretora de artes cênicas e visuais Karen Acioly (RJ), que mergulhou na imaginação fértil das crianças ao cair da noite.

Na obra, cinco crianças insones não conseguem dormir. Ao mesmo tempo que enfrentam os efeitos da privação de sono e sonhos, também refletem sobre temas como a amizade, a falta de diálogo com os pais e os perigos do consumismo e da destruição do meio ambiente.

Elenco

Além de Tércio Silva, fazem parte do elenco: Maria Hagge, que interpreta o personagem Tico e assina os figurinos. Jeferson Mariano é Chico, o narrador de sonhos, o maestro que toca o piano e conduz toda a narrativa. Outro narrador é Juca, interpretado pelo ator Davi Lopes. Atriz e cantora Magda Loiana é uma das crianças. Gabriel Anjos é Ciro, uma das crianças que tem o sonho roubado pelo mau pensamento. Wagner Farias faz a manipulação das formas animadas assinadas pelo artista carioca Cleyton Diirr.

O obra teatral amazonense já amealhou prêmios ao longo dos últimos dois anos entre eles o prêmio de melhor figurino e melhor trilha sonora original no Festival Nacional de Teatro de Varginha (MG). Prêmio de melhor espetáculo musical no Festival de Teatro Online Em Tempo Real do Rio de Janeiro. prêmio de melhor espetáculo no Festival Internacional de Teatro BcemCena de Santa Catarina e no Amazonas recebeu a indicação de melhor espetáculo do ano de 2021 pelo Garimpo Cultural.

Sobre a Buía

O Buia Teatro Company “tem combatido as forças do mal” desde de 2018 na cidade de Manaus (AM). O seu nome traduz “cobra” no dialeto Nhengatú. A companhia é resultado do trabalho artístico de Tércio Silva e Maria Hagge.

A companhia se destaca também por suas ações pautadas na relação de diálogo com a cidade de Manaus, a região Norte e todo o Brasil. Esse diálogo tem se materializado em sua sede, um teatrinho com 50 lugares no centro da cidade que abriga projetos como o FESTARI – Festival Altamente Recomendável à Infância, entre outros.

Mais informações encontram-se no perfil @buiateatro no Instagram ou pelo (92) 98281-4711.

Anúncio