Companhia oferece oficina para teatro de rua

Voltada para alunos a partir dos 14 anos, a oficina será realizada, nos dias 19 e 20, das 14h às 17h, sendo ministrada pela dramaturga, professora e diretora Emille Nóbrega

Manaus – A companhia de teatro Espatódea Trupe realiza a segunda edição da Oficina de Teatro de Rua, no Teatro Américo Alvarez, na Rua Ramos Ferreira, 1.512, Centro, zona sul da capital, neste sábado (19) e no domingo (20). O workshop, que custará R$ 20 e oferecerá declaração de horas complementares, se destina a atender as necessidades de atores, performers ou estudiosos de teatro que queiram expandir a formação dentro da área.

O workshop é uma introdução à linguagem do teatro de rua, tendo como base a comédia Dell’arte (Foto: Divulgação)

Voltada para alunos a partir dos 14 anos, a oficina será realizada das 14h às 17h, sendo ministrada pela dramaturga, professora e diretora Emille Nóbrega, licenciada em Teatro pela Escola Superior de Artes e Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). De acordo com Nóbrega, a abordagem da oficina será cem por cento prática. “Neste workshop, trabalharemos técnicas que são básicas para o teatro de rua, que envolvem o improviso, tanto cênico quanto textual. A comédia Dell’arte trabalha técnicas que são bastante incomuns, que tiram o ator da zona de conforto e permite que ele seja criador de seu próprio método e personagem”, disse.

O workshop é uma introdução à linguagem do teatro de rua, tendo como base a comédia Dell’arte, suas partituras e as construções corporais dessa vertente do teatro de rua. Além desses, outros tópicos serão explorados nas aulas como a importância do condicionamento físico e o processo corporal enquanto preparação para a prática teatral na rua.

Nóbrega afirmou, ainda, que os exercícios sobre comédia Dell’arte, que serão abordados na oficina, trarão uma variedade de exercícios, práticas e técnicas relacionadas à criação do corpo de um personagem. “Esse tipo de comédia é a base principal do teatro de rua, justamente por dar essa abertura à criatividade do ator, por se tratar de improviso, que é algo nos ajuda muito no teatro, aumentando a criatividade e diminuindo a timidez”, explicou.

Na oportunidade, a professora e dramaturga incentivou os entusiastas das artes cênicas a não desistirem de estudar e trabalhar na área, além de comentar sobre a popularização do teatro na capital. “Tem muita gente legal fazendo teatro, promovendo cultura. Há muitos grupos novos, que surgiram há um, dois anos ou meses. Muitas pessoas acham que o teatro só existe em grandes palcos, como o Teatro Amazonas, mas ele vai até outros lugares também. As artes cênicas não estão só no Centro de Manaus. O teatro vem tomando uma proporção maior na cidade”, disse.

Mas informações podem ser obtidas por meio dos telefones (92) 99205-7118 ou 99348-2099 no e-mail espatodeatrupe@gmail.com.