Como agir em uma entrevista de emprego? Veja dicas e aumente as chances de contratação

Para ter grandes chances na hora da contratação, é importante se atentar aos sutis comportamentos, diz especialista

São Paulo – Em uma época em que o desemprego está sempre a um passo, é sempre importante ficar preparado para eventuais entrevistas de emprego. Não só aos iniciantes na carreira profissional, saber como se portar em uma entrevista de emprego é crucial para todos os profissionais, independente da hierarquia.

Assim como para se portar em um jantar elegante algumas pessoas contratam consultorias que as preparem para aquele ambiente; saber gestos, falas e os comportamentos ideais em uma entrevista pode ser muito importante na hora da contratação. Para Madalena Feliciano, gestora de carreira, “em uma entrevista de emprego, não é somente o currículo e as formações acadêmicas que contam. o modo de se vestir, de conversar, de se portar são fatores essenciais que o recrutador observa”. Por isso, a especialista faz uma série de recomendações para melhor se apresentar em uma entrevista de emprego:

Não fuja do horário

Mesmo de lei, é sempre bom reafirmar a verdadeira de que atrasos são imperdoáveis em uma reunião. “Imprevistos acontecem, é claro. Por isso, caso aconteça alguma coisa, ligue e avise. É importante mostrar interesse e comprometimento”, afirmou Madalena. Não só quanto a atrasos, é importante também não chegar muito tempo antes. Não adianta querer chegar 1 hora antes do combinado para mostrar que é uma pessoa adiantada, sendo que o ideal é ser pontual. Chegando 15 minutos antes você mostra comprometimento, empenho, atenção e pontualidade.

Saber como se portar em uma entrevista de emprego é crucial para todos os profissionais (Foto: Divulgação)

Vestimenta

Quanto às roupas, é importante se adequar ao estilo da empresa. Se é uma empresa de advocacia, por exemplo, vá de terno. Agora, se tem dúvidas, uma camisa e uma calça jeans podem servir. “Não só à empresa, também fique atento ao tempo. Não adianta estar totalmente bem trajado de social se faz 30°C lá fora e você não consegue parar de suar por causa do calor. Antes de tudo, você é uma pessoa”, orientou.

Controle de entusiasmo

“Não há nada pior do que entrevistar alguém que não demonstra animação por estar naquele lugar. Um bom dia desanimado, respostas monossilábicas… é importante se mostrar interessado pela vaga”, comentou a gestora. O inverso também é verdadeiro. Chegar gritando, falando alto, com muitas piadas é também um excesso. O ideal é o equilíbrio.

Ansiedade

Muito presente em ocasiões importantes na nossa vida, a ansiedade pode ser um fator que atrapalha muito na hora de uma entrevista. “É importante ficar atento a barulhos, batuques com as mãos e pés, bater de unha na mesa… Esses tiques podem incomodar muito na reunião”, alertou Madalena. Controlar e prestar atenção em cada gesto seu é o seja prolixo: quando o recrutador te perguntar algo, responda.

Para Madalena, “tentar enfeitar muito o diálogo e dar muitos rodeios deixa a conversa confusa e sem sentido. Responda somente o que foi perguntado e pontue sempre coisas essenciais para a empresa. Não adianta discorrer sobre quando você era vendedor, se agora está concorrendo a uma vaga de engenheiro”.

Anúncio