Saiba como se comunicar de forma eficaz no ambiente corporativo

Especialista em comportamento social e relacionamentos, dá dicas de como se comunicar melhor no ambiente de trabalho

São Paulo – Atualmente as empresas buscam profissionais que saibam se expressar em diferentes situações, que conseguem envolver o ouvinte no momento certo, com as palavras certas, convencendo clientes, explicando ideias, estabelecendo uma estratégia.  “Já foi comprovado que as empresas contratam muitos mais as pessoas que têm habilidades sociais e que sabem se comunicar melhor, elas contratam mais essas pessoas do que as que têm conhecimentos técnicos específicos”, avisa Rafael Albano Lopes, especialisa em comportamento social e relacionamentos.

Especialista, ressalta a importância da boa fala. (Foto: Divulgação / MF Press Global)

Contudo, saber se comunicar é algo que requer preparação, pois a boa maneira de falar e de entregar uma ideia bem elaborada, por meio do diálogo, pode abrir portas, sobretudo para quem está procurando emprego e quer se sair bem em uma entrevista. Mas, nem todos têm essa desenvoltura diante um público, por isso vale investir em cursos de oratória. “Sim, vale a pena aprender conceitos de ferramenta de comunicação, storytelling, gatilhos mentais, porque isso tudo vai fazer diferença na forma que você se comunica”, explica.

Veja essas 7 dicas do especialista para se comunicar melhor.

1) A mensagem deve ser clara ou objetiva: a coisa mais importante na comunicação é que a mensagem deve chegar ao receptor (ou ouvinte) de maneira clara e objetiva. Então tome cuidado tanto quando você é o emissor quanto o receptor. Você precisa falar a linguagem do receptor.

2) Ouvir atentamente antes de falar: você precisa ouvir atentamente antes de falar para evitar interpretações distorcidas. Quanto mais você ouve mais você vai entender o ponto de vista daquela pessoa, e aí sim vai melhorar a comunicação.

3) Aguardar seu momento de fala: o pior tipo de conversa é aquele que a pessoa não escuta para entender, e sim para responder. Isso acontece muito no nosso dia a dia onde as opiniões estão muito polarizadas. Escute para entender o ponto de vista do outro, e não para apenas mostrar o seu.

4) Praticar escuta ativa e declarações empáticas: escuta ativa é aquela escuta que contribui para comunicação, através de perguntas certas, de comentários pertinentes. Isso ajuda e incentiva a pessoa a falar mais. Declarações empáticas ajudam a manter o foco na pessoa que está falando, confirmando que você acredita e apoia aquilo que a outra pessoa falou.

5) Fazer uso de gatilhos mentais: gatilhos mentais são uma ferramenta incrível para você demonstrar valor para outra pessoa durante uma conversa sem parecer arrogante e egocêntrico, pois você estará subcomunicando informações de forma sutil, fazendo a outra pessoa ter uma percepção positiva de você.

6) Fazer uso de ferramentas de Storytelling: a arte de contar histórias é uma excelente ferramenta para você prender atenção das pessoas. Histórias devem ter emoção, entonação de voz, surpresas, suspense, altos e baixos. São esses elementos que fazem uma história ser gostosa de ouvir.

7) Respeitar o limite de intimidade: algumas pessoas não possuem o bom senso de respeitar o limite de intimidade e acabam tocando em assuntos não pertinentes à situação. É importante você ser autêntico, mas precisa entender que para ser socialmente aceito você não pode falar o que quer, na hora que quer.

Anúncio