Curta amazonense é selecionado para três festivais nacionais de cinema

Filme participará de mostras e festivais em Manaus, Rio de Janeiro e São Paulo

Manaus – Baseado no conto Pio Oficio, do autor amazonense Carlos Gomes, o curta-metragem ‘A Estranha Velha Que Enforcava Cachorros’, produzido como Trabalho de Conclusão do Curso de Tecnologia em Produção Audiovisual da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), continua  percorrendo festivais no Brasil e no mundo. Já são 35 janelas de exibição em vários festivais, cineclubes e mostras.

Em Manaus, o filme será exibido neste sábado (10), no Cine Teatro Gebes Medeiros, às 16h (Foto: Divulgação)

O filme acaba de ser selecionado para mais três festivais nas cidades de São Paulo (CINE Matilha 2019), Rio de Janeiro (Mostra do Filme Marginal) e Manaus (Mostra Manaus Filme Horror Fantástico), com exibições programadas para agosto e setembro de 2019.

Em Manaus, o filme será exibido neste sábado (10), no Cine Teatro Gebes Medeiros, às 16h, na programação da I Mostra Manaus Filme Horror Fantástico, realizada pela Secretaria de Estado de Cultura. Para Thiago Morais, diretor do curta, “é muito importante poder exibir o filme em Manaus e colaborar com a formação de plateia para esse tipo de festival temático”. Além da exibição do curta, Thiago fará um workshop sobre Produção de Filmes de Terror, onde falará sobre a produção do filme.

Mostra no Rio de Janeiro

A Mostra do Filme Marginal é uma iniciativa que tem por objetivo valorizar e divulgar produções independentes. Não é competitiva e visa a integração. A estratégia da Mostra é utilizar o projeto como instrumento de difusão, reflexão, estímulo e formação de público para um cinema popular, autoral e crítico, abrindo espaço para trabalhos que colocam na tela personagens e temáticas marginalizadas pelo sistema sociopolítico vigente, fora do eixo comercial.

A Estranha Velha está programado para ser exibido no Centro Cultural da Justiça Federal (Cinelândia), no dia 18 de setembro, às 14h, na Sessão Marginal VII.

Cine Matilha

O filme foi selecionado também na chamada pública Cine Matilha 2019, e participará da Mostra de Filmes Independentes que acontece na segunda quinzena de setembro, em São Paulo.