Depois das marchinhas, toadas abrem o Carnaboi nesta segunda, em Manaus

Em sua 14ª edição, evento espera 200 mil pessoas no Sambódromo.

Manaus – Após marchinhas e sambas embalarem blocos, bandas e desfiles, hoje é dia de toada no carnaval manauara. O cantor e compositor Carlinhos do Boi abrirá a programação no Sambódromo. Criado em 2000, o Carnaboi chega a sua 14ª edição, o que, de acordo com o amo do bumbá Garantido, Tony Medeiros, é sinal de resistência. “Participo desde o primeiro ano e acredito que esta seja a nossa verdadeira manifestação carnavalesca”, disse ele.

“Temos o frevo em Pernambuco, o axé na Bahia e o samba no Rio de Janeiro. Aqui, nosso ritmo é a toada e acredito que nós, integrantes desse movimento, somos resistência”, prosseguiu o cantor, que disse considerar o desfile das escolas de samba um “desfile de beleza”. “No Carnaboi, o povo não só assiste como participa da festa”, complementou.

Pelo lado azul, o apresentador do Caprichoso, Júnior Paulain, declarou que o público do evento é fiel. “Quando comecei a participar, em 2006, o formato era apenas com dois palcos simultâneos. Desde lá, percebi que existe uma ligação muito forte entre quem vai e os bumbás, até porque isso é um aquecimento para o Festival Folclórico”, ponderou. “O Carnaboi é o nosso verdadeiro carnaval, pois resgata a nossa identidade amazônica”, encerrou.

Com expectativa de 200 mil pessoas, o Carnaboi 2013 contará com 25 atrações durante os dois dias de evento (11 e 12 de fevereiro). Cada trio terá 40 minutos para atravessar a passarela do samba, em um total de dez desfiles por dia, com início às 20h e final às 3h25.

O Carnaboi é promovido pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC). “Não desmerecendo o desfile das escolas de samba, as bandas de rua ou qualquer outra manifestação de nossa gente, mas quem faz a diferença no carnaval brasileiro, é o Carnaboi em Manaus, o desfile do Rio, os blocos de Recife e Olinda e a folia nas ruas de Salvador”, destacou o secretário de Cultura, Robério Braga.

Anúncio