Documentário sobre cantor Chorão, do Charlie Brown Jr., é uma das estreias no Cine Casarão

Os ingressos para todas as sessões que serão exibidas nesta semana, no Cine Casarão, podem ser adquiridos antecipadamente no perfil do espaço cultural

Manaus – Na semana do Dia Nacional do Rock, comemorado nesta terça-feira (13), o Cine Casarão, espaço alternativo dedicado à Sétima Arte, no Casarão de Ideias, recebe o documentário ‘Chorão – Marginal Alado’ com estreia marcada para esta quinta-feira (15), às 16h30. O documentário, dirigido por Felipe Novaes, retrata a vida e a carreira do cantor brasileiro Chorão, líder da banda Charlie Brown Jr.

Além de depoimentos sobre sua vida pessoal e profissional e imagens de arquivo, o filme acompanha a história de uma das estrelas do rock mais importantes do Brasil. Chorão viveu duas décadas de sucesso nacional e internacional, cheios de momentos polêmicos, até sua morte prematura, por overdose de drogas, em 2013.

Ainda na quinta-feira (15), mas às 18h30, o público poderá conferir outra estreia: ‘Chão’, de Camila Freitas. O longa apresenta uma visão da rotina cotidiana do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, que se divide entre cultivar a terra, ativismo político e conversar sobre como seria um futuro melhor.

Reexibições

Na grade de programação do Cine Casarão, o público poderá rever na quarta-feira (14), ‘Druk’, às 16h30 e ‘Chico Ventania Também Queria Ter um Submarino’, às 18h30. Na sexta-feira (16), é a vez de rever ‘Fale Com As Abelhas’, às 16h30, e ‘Chorão’, às 18h30.

No sábado (17), será reexibido ‘Chorão’, às 16h30 e ‘Chão’, às 18h30. No domingo (18), é a vez de ‘Druk’, às 16h30 e ‘Chorão’, às 18h30. Os ingressos para todas as sessões podem ser adquiridos antecipadamente no perfil do espaço cultural, no Instagram (@casaraodeideias), ao preço de R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia).

Protocolos

Vale ressaltar que a sala de exibição do Cine Casarão está funcionando com 50% de sua capacidade, ou seja, apenas 18 lugares. Também está sendo colocada em prática a triangulação de assentos, proporcionando assim o distanciamento seguro.

No intervalo de cada sessão, é feita a aplicação com luz de ozônio e vídeos institucionais, no início dos filmes, são exibidos com o objetivo de reforçar a prevenção contra o novo coronavírus (Covid-19). O uso da máscara é obrigatório.

Anúncio