Especialista dá dicas para evitar apuros em viagens de carro na estrada

Manter a revisão do veículo conforme o manual do fabricante e verificar se a documentação do condutor e do carro estão é fundamental para quem vai pegar a estrada

Manaus – Com a pandemia, houve um aumento do turismo interno e as viagens para municípios próximos como Presidente Figueiredo, Manacapuru e Novo Airão se tornaram mais constantes. Curtir uma breve viagem de carro rumo ao interior já é um programa sagrado para muitos amazonenses. Para evitar apuros, como falta de gasolina ou pane mecânica na estrada, é fundamental seguir algumas dicas da Distribuidora Atem, entre elas, manter a revisão do veículo conforme o manual do fabricante e verificar se a documentação do condutor e do carro estão em dia com os órgãos de fiscalização.

Curtir uma breve viagem de carro rumo ao interior já é um programa sagrado para muitos amazonenses (Foto: Divulgação)

Outra dica é saber o itinerário ou ir com alguém que conheça o trajeto da viagem. Além disso, ter um GPS à mão também ajuda a quebrar um galho e, caso o celular perca o sinal na estrada, a sugestão é deixar o mapa do destino offline no aparelho.

Segundo o gerente de qualidade da Atem, Eliomar Passos, ter um seguro do carro que cubra situações como guincho sem restrição de quilometragem também é uma maneira de evitar imprevistos. “E, é claro, procurar dirigir com atenção, atendendo as velocidades permitidas e em hipótese nenhuma sob efeitos de bebidas alcoólicas”, reforça.

E antes de pegar a estrada também é essencial dar uma passada no posto de combustível mais próximo. A Atem possui uma grande rede de postos de abastecimento no interior do estado do Amazonas. Uma lista completa pode ser baixada de forma pública e gratuita pelo site da ANP.

Independente do trajeto ser curto ou longo, o combustível escolhido pelo motorista não faz diferença, no entanto, na estrada o desempenho será melhor por não haver trânsito, sinais e se mantém uma velocidade média sem muitas reduções e acelerações, Passos explica que o uso de aditivos no geral agem como detergente e dispersante nos veículos, mas não diminui consumo.

“Isso porque eles diminuem o acúmulo de sujeira no tanque, por onde passa o combustível até chegar ao motor, porém esses aditivos devem ser utilizados conforme o manual do fabricante”, explica o consultor na área de combustíveis da Atem.

Anúncio