Espetáculos apoiados pela prefeitura circulam pela cidade e em plataformas digitais

Os projetos contam com o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio do Edital Prêmio Manaus de Conexões Culturais – Lei Aldir Blanc

Manaus – Até esta quinta-feira (10), espetáculos teatrais dos grupos Cacompanhia e Garagem e o musical ‘Efêmera’ movimentam a cena cultural da capital amazonense, em apresentações presenciais seguindo os protocolos sanitários contra a Covid-19 e em transmissões online nas plataformas digitais. Os projetos contam com o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio do Edital Prêmio Manaus de Conexões Culturais – Lei Aldir Blanc.

Esta é a primeira vez que a Cacompanhia circula com suas obras pelos bairros da zona urbana de Manaus (Foto: Larissa Martins)

Toda a programação é gratuita. Com a proposta de percorrer todas as zonas de Manaus, o projeto ‘Cortejo’, do grupo Cacompanhia, entra na reta final esta semana. A programação gratuita encerra na quinta-feira, 10, com apresentações dos espetáculos ‘Balões’, na Casa do Migrante Jacami, em Flores, e ‘Preciso Falar’, no Centro Cultural dos Povos da Amazônia, no Distrito Industrial. Esta é a primeira vez que a Cacompanhia circula com suas obras pelos bairros da zona urbana de Manaus.

Leia mais: Dia do Palhaço será comemorado de forma virtual pelo Zoom, Instagram e Youtube

Na agenda desta semana estão os espetáculos ‘O Palhaço de La Mancha’, ‘Preciso Falar’ e ‘Balões’, que contam com referências da palhaçaria e do teatro de rua. ‘O Palhaço de La Mancha’ é inspirado na literatura de Miguel de Cervantes, e apresenta uma trupe de palhaços que vivem em uma cidade da Amazônia e saem por aí contando a história de um tal Palhaço de La Mancha. Já em “Balões”, o palhaço Caco, em um pequeno espaço de seu universo onírico, desafia a gravidade dos afetos, dos encontros e desencontros, das despedidas e dos recomeços, celebrando as saudades com poesia e comicidade.

Em cartaz desde o último domingo (6), o espetáculo “Efêmera” conta ainda com mais duas apresentações, nos dias 10 e 27/12, sempre às 19h30, no Teatro Manauara, zona Centro-Sul. A entrada é gratuita e a inscrição deve ser feita previamente por meio do site