Passo a Paço: Erick Jacquin dá detalhes sobre aula show em Manaus

Nascido na França, Erick Jacquin conquistou notoriedade ao popularizar no Brasil a receita da sobremesa petit gateau

Manaus – Com muito entusiasmo, o chef Erick Jacquin concedeu uma entrevista coletiva nesta segunda-feira (4) para falar dos preparativos para o “#SouManaus Passo a Paço 2023”. Na ocasião foi apresentada a agenda do chef que faz parte da programação da aula show e da roda de conversa a serem realizadas nesta terça-feira (5), no evento.

(Foto: Phil Limma / Semcom)

De acordo com o chef, ele fará uma união das culinárias a francesa e a amazônica, que ele considera uma das melhores do mundo.

“Eu vou fazer uma mistura da cultura francesa com a da Amazônia. Vou misturar champanhe com tucupi e jambu. Tem tanta coisa boa aqui e tem tanta coisa boa lá no meu país, que misturar as duas vai ser genial”, destacou.

No decorrer das três horas de aula show, os convidados poderão acompanhar o modo de preparo e as técnicas empregadas na montagem de pratos famosos da culinária francesa, como a área da pâtisserie (confeitaria), especialidade de Erick Jacquin.

Para auxiliar o chef francês no menu degustação, o Senac-AM disponibilizará três profissionais, sendo um docente do restaurante-escola, um aluno do curso de gastronomia da faculdade do Senac-AM, e um representante do projeto de apoio à gestão de restaurantes da incubadora do serviço nacional.

O chef aproveitou para parabenizar a iniciativa da atual gestão de realizar um festival tão grande que reúne música, arte e gastronomia.

“Esse festival é genial. Precisa ser muito corajoso para organizar uma coisa dessa proporção, pois não é brincadeira, e ainda trazer um dos melhores DJs do mundo, é fantástico”, enfatizou o chef.

Nascido na França, Erick Jacquin conquistou notoriedade ao popularizar no Brasil a receita da sobremesa petit gateau. Ele atua como jurado das edições brasileiras do reality show televisivo “MasterChef” e foi o apresentador do programa Pesadelo na Cozinha “Kitchen Nightmares”, ambos veiculados na Band TV.

Entre as principais premiações, Jacquin recebeu, em 1995, a sua primeira estrela do guia de culinária Michelin. No ano de 1998, foi condecorado com a honraria “Maître Cuisinier de France”, a mais alta na gastronomia francesa. Nos negócios, Jacquin é o administrador dos restaurantes brasileiros Duke Bistrot, Tartar & Co, Ça-Va e Président.

Anúncio