Alok diz que pai está em um bunker em Israel aguardando para voltar ao Brasil

Juarez Petrillo, que também é DJ, era uma das atrações na edição israelense do festival Universo Paralello

Israel- Alok usou as redes sociais na manhã deste domingo (8) para falar sobre o estado de saúde de seu pai, Juarez Petrillo, que também é DJ e estava tocando em um evento em Israel, chamado Universo Paralello. Segundo o artista, seu pai está em um bunker (abrigo subterrâneo) aguardando novas orientações do governo local para deixar o país, que acaba de entrar em uma guerra contra o grupo terrorista Hamas.

(Foto: Reprodução/ Instagram)

“Sobre os acontecimentos de hoje, estou consternado e ainda chocado com o ataque covarde aos milhares de inocentes com o uso de mais de 2.500 mísseis na invasão em diversos locais no sul de Israel. Como muitos de vocês sabem, o meu pai estava em um desses locais invadidos. Ele está seguro em um bunker aguardando direcionamento para retornar ao Brasil”, explicou Alok em nota.

O DJ aproveitou a ocasião para explicar que Juarez foi apenas contratado para tocar e não fazia parte da organização do evento.

“Sobre a relação dele com o evento em que estava, ele não é o realizador. O meu pai foi contratado a se apresentar em um evento que licenciou os direitos de uso do nome do festival, como já aconteceu em diversos outros países. O produtor israelense licenciou o uso da marca e produziu o evento por conta própria, sendo o meu pai uma das atrações. Na região historicamente fazem eventos, inclusive no dia anterior houve outro festival com o mesmo perfil e no mesmo local”, completou.

Veja o comunicado na íntegra:

blank

(Foto: Reprodução/ Instagram)

Anúncio