Anitta rebate crítica de Rick Bonadio em defesa do funk brasileiro

A confusão começou quando o produtor musical disse ter “vergonha” do ritmo carioca ter sido tocado no Grammy 2021 neste domingo (14)

São Paulo – As cantora americanas Cardi B e Meghan Thee Stallion incluíram um trechinho da versão brasileira de um funk do DJ Pedro Sampaio em performance ao vivo, na 63ª edição do Grammy Awards, em Los Angeles, neste domingo  (14). E o que era para ser só uma homenagem virou um bate boca entre a cantora Anitta e o produtor musical Rick Bonadio.

Cardi incluiu o verso em português com a voz do funkeiro Pedro Sampaio. Os fãs brasileiros foram à loucura nas redes com a presença do ritmo na maior premiação de música do planeta. O Dj carioca lançou versão de Wap em setembro de 2020 e ficou todo emocionado com a “homenagem” de Cardi B. Mas não foi todo mundo que gostou não.

Anitta rebate crítica de Rick Bonadio em defesa do funk brasileiro (Foto: Reprodução)

O produtor musical Rick Bonadio foi para as redes sociais polemizar e disse ter “vergonha” após a comemoração de brasileiros pela música ter sido tocada no Grammy.

“Já exportamos Bossa Nova, já exportamos Samba Rock, Jobim, Ben Jor. Até Roberto Carlos. Mas o barulho que fazem por causa de 15 segundos de funk na apresentação da Cardie (sic) B me deixa com vergonha. Precisamos exportar música boa e não esse ‘fica de quatro’”, disse Bonadio, que recebeu críticas de internautas que o acusaram de preconceito contra o funk.

 

Anitta, que adora divulgar o funk para o mundo, rebateu a crítica de Bonadio. “Tenho uma sugestão top pra você também. Escolhe um ritmo brasileiro à sua altura, faz uma música e exporta pro mundo. É facin… e rápido.. e de uma hora pra outra, claro, não dá pra começar com míseros segundos no Grammy. Quando você chegar lá a gente comemora com você”, postou a cantora.

 

Ao final, a cantora Anitta publicou um texto voltado para os fãs para explicar os motivos de ter rebatido as críticas do produtor Rick Bonadio.

 

Anúncio