Anitta usa termo ‘proibido’ por americanos e é acusada de racismo

Em vídeo enquanto se maquia, a artista cantarola e solta a palavra. Na web, o momento não passou despercebido e a brasileira recebeu vários comentários negativos

EUA – A cantora Anitta está sendo crítica na internet após ter  usado a palavra “nigga”, termo praticamente “proibido” na cultura estado-unidense pelo seu caráter racista. Pode não ter parecido propositalmente, mas parte de americanos não aceitaram o termo por parte da cantora nos EUA.

Anitta

Anitta usa termo ‘proibido’ por americanos e é acusada de racismo. (Foto: Reprodução/[email protected])

As informações são da Fábia Oliveira, colunista do jornal O Dia, que afirmou que a cantora está sendo duramente criticada e detonada na web.

De acordo com a publicação, em um vídeo enquanto se maquia, a artista cantarola e solta a palavra. Na web, o momento não passou despercebido e a brasileira recebeu vários comentários negativos.

Para quem não sabe, a palavra “nigga” era muito usada pelos brancos nos Estados Unidos para se referirem com inferioridade aos negros. No passado, muitas pessoas pretas morreram queimados, torturados, espancados e linchados enquanto eram chamados dessa forma.

Segundo o RD1 do site Terra, apesar do cunho preconceituoso, o termo é usado atualmente por negros, principalmente jovens, com outro sentido, e em situações de extrema privacidade, como em um papo entre amigos e familiares.

No Twitter, o assunto deu o que falar.“Anitta está sendo cancelada nos EUA após usar termo ‘Nigga’, um dos mais famosos insultos racistas da língua inglesa. A palavra era usada por brancos para indicar que negros eram inferiores. Se queria fama internacional, finalmente conseguiu”, disparou uma internauta.

“Os fãs da Anitta falando que ela não sabia o significado da palavra ‘nigga’. Mas eles também vivem falando que ela é fluente em inglês..”, pontuou outro.

“A Anitta simplesmente tava cantando uma música e ela foi cancelada por falar nigga??? kkkk gente pelo amor de Deus“, disse um internauta. Na sequência, uma usuária da rede social explicou:

“Brancos não podem falar essa palavra e existe todo um contexto histórico. A Doja pede para as pessoas brancas trocarem por ‘man’ quando forem cantar, ou só pularem mesmo. É um rolê complexo, mas não é perseguição. Anitta deu um mole enorme, eles não toleram MESMO esse vacilo”.

Anúncio