Após ser solto, Diego Alemão é internado em clínica de reabilitação

O ex-participante de reality show foi solto após ter sido preso por porte ilegal de arma nesta madrugada

Rio de Janeiro- Após ser solto, na manhã desta ter-feira (26), o influenciador Diego Gasques — mais conhecido como Diego Alemão — foi internado em uma clínica de reabilitação, segundo um comunicado enviado pelo advogado dele, Jeffrey Chiquini.

(Foto: Reprodução/ Instagram)

“Em um momento de muita dor, comunicamos a todos que Diego Gasques acaba de ser internado espontaneamente em clínica de reabilitação”, diz um trecho da nota.

Alemão foi solto após ter sido preso por porte ilegal de arma nesta madrugada. Na saída da delegacia, o influenciador e ex-participante de um reality show — que parecia um pouco alterado — disse que andava armado porque estaria sendo ameaçado. Ele ofendeu a imprensa e fez um questionamento aos repórteres presentes.

“Por que vocês, um bando de urubu, estão aqui e não estão na frente do [Bruno] De Luca, que deixou a porra do meu melhor amigo [Kayky Brito] com a cabeça no chão?”, perguntou ele, que pagou R$ 4.000 de fiança para ser liberado.

O influenciador se referia ao atropelamento de Kayky Brito, na madrugada de 2 de setembro. O ator foi atingido por um carro de aplicativo ao atravessar uma avenida na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. Antes disso, ele bebia em um quiosque de praia com amigos, entre eles Bruno De Luca.

Apesar de ter testemunhado o atropelamento, De Luca não prestou socorro ao amigo. Em depoimento à polícia, o apresentador disse que não sabia que o artista era a vítima do ocorrido.

Além de questionar a imprensa, Diego Alemão respondeu por que andava armado. “Que atirei em alguém! Meu amigo, venha para o Rio de Janeiro, cidade maravilhosa, sem risco nenhum… Eu tenho uma arma não municiada, que estava debaixo do carro e que eu já tenho há muitos anos, registrada. Está tudo bonitinho”, disse.

O influenciador ainda ironizou os jornalistas presentes. “Minha querida, saia com todas as suas joias no Rio de Janeiro e aproveite esta cidade maravilhosa”, disse a uma repórter.

Quando já estava no carro ao sair da delegacia, ele afirmou que sofre ameaças. “Sou pouco ameaçado, sou pouco extorquido”, disse.

Ele já foi preso por dirigir bêbado

Em 2020, Alemão também foi preso ao se envolver em um acidente de trânsito, em Curitiba, no Paraná, durante a quarentena da pandemia de Covid-19.

Na ocasião, o ex-participante foi detido por dirigir sob efeito de bebida alcoólica e por ter ameaçado outra pessoa envolvida no acidente, além de ter desacatado a equipe policial. Segundo o outro motorista envolvido no acidente, Alemão teria batido no carro dele, que estava parado. E ainda teria agredido o rapaz.

No dia seguinte ao do ocorrido, Alemão pagou uma fiança de R$ 7.000 e foi solto.

Anúncio