Ator Juliano Cazarré nega boato de recusa à vacina contra a Covid

Juliano Cazarré, 40, explicou que decidiu se pronunciar sobre a polêmica a respeito da imunização após um pedido feito pelo pai

O ator Juliano Cazarré se pronunciou a respeito dos boatos de que não iria tomar a vacina contra a covid-19.

“A quantidade de gente que não abre um livro que preste, mas acredita em coluna de fofoca é impressionante. Pobre Brasil”, escreveu o ator ao alfinetar páginas de celebridades.

Juliano Cazarré falou sobre tomar a vacina da covid após boatos circularem na web (Foto: Reprodução / Instagram)

O ator revelou aos seguidores nas redes sociais por qual motivo ia abordar a questão da imunização: “Decidi dar esta explicação porque meu pai pediu. Pedido de pai, a gente atende”.

Escalado para a nova versão da novela Pantanal, Cazarré explicou que teria conversado com a produção da trama para falar sobre a imunização: “Há alguns dias, fiz uma consulta à produção de Pantanal sobre a situação da vacina, pois eu adquiri imunidade ano passado e já li textos falando que a vacina nesses casos pouco adianta e que uma nova carga viral pode ser prejudicial. Mas deixei bem claro que se for uma condição da casa para que eu participe de Pantanal, que eu tomaria”. Segundo especialistas, quem já teve a doença também deve se vacinar.

O ator, de 40 anos, ainda revelou que consultou um médico de confiança e que decidiu tomar a vacina nesta quinta-feira (29): “Ao longo do final de semana conversei com um médico em quem confio, que me explicou mais sobre a vacina, tirou dúvidas sobre o processo como são feitas e eu já tinha me decidido a tomar, assumindo os mesmos riscos que todos os outros vacnados. No posto, me informaram que passe lá na quinta-feira (amanhã de tarde). É o que farei”.

Cazarré ainda disse que recebeu mensagens de ódio por conta da polêmica: “Vieram desejar a minha morte, de meus filhos”.

Anúncio