Belo têm bens penhorados para pagar dívida com ex-jogador de futebol

O processo iniciou quando Denilson comprou os direitos da banda Soweto e se sentiu lesado com a saída de Belo do grupo

Manaus – O cantor Belo teve seus bens penhorados, pela Justiça de São Paulo, para pagar dívida que soma a quantia de R$ 4,7 milhões ao ex-jogador de futebol Denilson. A ação judicial iniciou quando Denilson comprou os direitos da banda de pagode Soweto, da qual Belo era vocalista, e este acabou saindo do grupo sem mais explicações. A época, o ex-jogador se sentiu lesado e começou um processo de danos morais.

De acordo com o site UOL, Denilson venceu a ação em todas as instâncias e, recentemente, deu declaração sobre o assunto. “Agora é com ele. É ter um pouco de responsabilidade e começar a me pagar”, disse. A Apple também foi acionada judicialmente para que disponibilize informações sobre os ganhos do cantor a partir da distribuição e execução de músicas do cantor em plataformas de streaming ligadas à empresa.

O cantor Belo (Foto: Divulgação)

Anúncio