Bruna Marquezine sobre críticas por fantasia de enfermeira: ‘Vejo como heroínas’

Bruna Marquezine foi alvo de críticas do Coren-SP e acusada de desvalorizar o profissionalismo da enfermagem

São Paulo – Bruna Marquezine usou seu perfil no Twitter, nesta quarta-feira (3), para se pronunciar diante às críticas que vem recebendo desde terça-feira (2) por conta da fantasia de enfermeira que usou em uma festa. A artista foi alvo de ataques do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) e acusada de “desvalorizar o profissionalismo da enfermagem”.

Bruna Marquezine foi alvo de críticas do Coren-SP e acusada de desvalorizar o profissionalismo da enfermagem (Foto: Reprodução / Instagram)

“A todas as profissionais de enfermagem friso aqui meu total respeito à categoria. Eu as vejo como heroínas. Jamais seria minha intenção causar qualquer desvalorização à classe na escolha de uma fantasia”, começou a artista.

Em seguida, Marquezine disse esperar que esse debate sirva como aprendizado. “Essa luta também é legítima e eu pessoalmente batalho pra que mulheres tenham liberdade e respeito em todos os ambientes e em todas suas escolhas profissionais e pessoais. Lamento não ter tido o conhecimento sobre esse tema antes, mas que essa discussão sirva verdadeiramente como oportunidade de aprendizado e transformação”, escreveu.

E continuou: “Como artista e consequentemente pessoa pública tenho total conhecimento sobre o meu alcance e poder de influência, no entanto, convido os órgãos competentes, a uma reflexão profunda, e não pessoal, sobre como a indústria pornográfica, o machismo estrutural e a cultura do estupro são o verdadeiro cerne da sexualização e erotização das mulheres em qualquer uma das profissões”.

Anúncio