Justiça nega habeas corpus a DJ Ivis

O produtor musical foi preso na última quarta-feira pelas agressões contra sua ex-mulher

CearáPreso desde quarta-feira (14), o DJ Ivis foi transferido para a Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz, no Ceará, na sexta-feira (16). A equipe de defesa do artista entrou com pedido de habeas corpus após audiência de custódia, mas a solicitação foi negada.

(Foto: Reprodução)

O pedido foi feito alegando constrangimento ilegal, punição extraprocessual e comprometimento da saúde física e mental de Ivis.

Ex-mulher de Ivis, Pamella Holanda postou uma série de vídeos em que aparece sendo agredida pelo DJ. Algumas das cenas mostram as agressões na presença da filha deles, Mel, de apenas 9 meses.

Ivis chegou a alegar que as imagens não estavam completas e que era agredido por Pamella.

Ele ainda gravou um vídeo, pouco tempo antes de ser preso, pedindo desculpas para a ex: “Eu poderia ter feito diferente, mas devido aos acontecimentos eu não fiz. Pedi ajuda a todo mundo que eu pude e ninguém pode me ajudar. O que eu fiz, eu não posso mais voltar atrás. Quando eu vi, no domingo, a matéria subindo, eu tentei reagir, mas eu agi errado mais uma vez”, disse ele na gravação.

Ivis perdeu o contrato com sua gravadora, a Sony Music Brasil. A empresa fez o anúncio de que decidiu terminar o contrato com o músico.

Anúncio