Presidente da DC diz que Amber Heard não foi boicotada em ‘Aquaman 2’

Walter Hamada disse que a decisão da Warner Bros de diminuir o papel da artista não foi relacionada ao julgamento com Johnny Depp

Estados Unidos – Walter Hamada, presidente da DC, disse que Amber Heard não foi boicotada em Aquaman 2, durante depoimento virtual no julgamento da atriz com Johnny Depp, nesta terça-feira (24).

(Foto: Warner / Divulgação)

“Eu lutei muito para ficar no filme. Eles não queriam me incluir”, disse Amber. “Removeram cenas que tinham ação, que mostravam minha personagem e outro personagem — sem dar spoilers —, dois personagens lutando um com o outro, e eles basicamente tiraram muito do meu papel. Eles simplesmente removeram um monte”, explicou.

Entretanto, o presidente disse que toda decisão que a Warner Bros fez de minimizar o papel de Amber como Mera, não teve conexão com o julgamento do ex-casal, assim como não afetou no salário da atriz.

Segundo o TMZ, Walter Hamada disse que a Warner deixou claro que eles queriam manter as pessoas e aumentos salariais de acordo com os contratos anteriormente assinados.

Anúncio