Renata Heilborn diz que foi traída por Marcelo Courrege com Carol Barcelos

Carol Barcelos foi madrinha do casamento de Renata e Marcelo que durou cerca de 12 anos

Rio de Janeiro – Os nomes dos jornalistas Marcelo Courrege, Renata Heilborn e Carol Barcelos estiveram entre os assuntos mais comentados da web após Courrege e Barcelos assumiram um relacionamento. Acontece que Barcelos foi madrinha de casamento do atual com Renata.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Carol e Marcelo curtiram a primeira noite do Grupo Especial das escolas de samba do Rio de Janeiro juntos e aproveitaram para publicar a primeira foto no Instagram, confirmando o relacionamento.

Rapidamente, seguidores lembraram que Carol foi madrinha de casamento de Marcelo e Renata. Além disso, segundo os internautas, meses atrás já tinha saído rumores de que Marcelo, que ainda era casado, estava em um romance com Carol.

Renata, Carol e Marcelo trabalhavam todos juntos na mesma emissora. Com a repercussão, Renata se pronunciou confirmando a traição: “Descobri da pior forma possível que meu ex-marido tinha um caso com uma amiga minha – madrinha do meu casamento”.

“Vamos lá: Fui casada durante 10 anos – no total foram 12 anos de relacionamento. Primeiro ponto: meu casamento não era aberto. Que isso fique muito claro”, iniciou.

“Casamento, aliás, que não era perfeito. Longe disso. Já estávamos em crise, e eu mesma já havia pedido a separação um ano antes de isso tudo acontecer. Porém, num momento em que estava frágil, após pedir demissão da TV Globo, descobri que ele estava com uma amiga – daquelas confidentes e que eu convivia diariamente. Depois que eu descobri, numa manhã de sexta-feira, saí de casa, e ele foi morar na casa dela e viver sua ‘paixão'”, prosseguiu.

“A traição de um amigo abre um buraco muito mais profundo. Mas não era uma opção parar de viver. Eu não merecia isso. Cada um dá o que tem. E tem gente que não tem nada para dar. Que é vazia, com caráter frágil. Perdi o medo, o trauma ficou, e hoje eu só agradeço. Como todo mundo que esbarra comigo diz: ‘Foi livramento’. Foi, sim. Daqueles enormes. E hoje eu só agradeço. Eu estou mais leve, mais feliz, e tenho muita sorte”, concluiu Renata que depois apagou as mensagens.

Anúncio