Show da funkeira MC Pipokinha é cancelado no Paraná; entenda a polêmica

Cantora se tornou conhecida do grande público através de músicas e performances extremamente sensuais

Curitiba- O show que a funkeira MC Pipokinha faria em Curitiba (PR) foi cancelado pelo contratante, segundo a assessoria da cantora. A apresentação estava marcada para o próximo sábado (20).

(Foto: Reprodução/ Instagram)

Pipokinha se tornou conhecida do grande público através de músicas e performances extremamente sensuais.

Ao R7, a equipe da funkeira explicou que quem cancelou o show foi o contratante —neste caso, o Shed Bar— e acusou autoridades locais de pressionarem o estabelecimento e de coagirem trabalhadores.

“Quem cancelou o show foi o contratante por estar sofrendo represálias de autoridades que estão abusando do poder. Cabe fiscalizar, não coagir trabalhadores Isso que estão fazendo usando do poder”, informou a NVI Império Produtora, que representa MC Pipokinha.

Nos últimos dias, várias autoridades se manifestaram contrários à apresentação da cantora no local e chegaram ameaçar a entrar na Justiça.

Após a repercussão, o Shed Bar disse, através de comunicado, que, “tendo em vista os últimos acontecimento e divergências sobre a composição na apresentaçao do show”, o estabelecimento “optou pelo cancelamento”.

“Certo da compreensão de todos, em breve informaremos qual artista estará na Shed neste dia [sábado, dia 20].”

O R7 também tentou contato com a Polícia Civil, por telefone e e-mail, mas sem sucesso até o momento. Se houver retorno, o texto será atualizado.

Polêmicas de Pipokinha

Em março, um show de Pipokinha que seria realizado na festa de estudantes da Unesp (Universidade Estadual Paulista), em Araraquara (SP), também foi cancelado, mas, neste caso, em razão de uma publicação dela na qual compara os cachês dos shows com os salários de professores.

“Ela pode descontar a raiva em você mandando você fazer vários trabalhos e te reprovando na prova. Coitada, deixa ela. Meu baile está R$ 70 mil. 30 minutinhos em cima de um palco, eu ganho R$ 70 mil. Ela não ganha nem R$ 5 mil sendo professora. Precisa estudar muito. Discute com ela não”, disse MC Pipokinha.

Logo após o vídeo ser publicado, no dia 6 de março, outras organizações ligadas ao ambiente acadêmico no País também suspenderam apresentações da artista.

Ainda em março, as redes sociais receberam relatos de que a própria MC Pipokinha teria feito uma demonstração explícita e real de suas letras com uma fã que subiu ao palco durante uma apresentação.

Anúncio