VÍDEO: MC Pipokinha fala sobre assédio em show: “Roupa que uso não justifica”

“Eu peguei o microfone e bati tanto na cabeça dele que só parei quando os amigos dele pediram”, disse a funkeira

Rio de Janeiro – Conhecida por fazer um show com muitas músicas que falam sobre relações sexuais, e usar pouca roupa no palco, a MC Pipokinha, que foi assediada por fãs durante um show, desabafou sobre o ocorrido e disse que nada justifica o assédio que sofreu.

(Foto: Reprodução)

“Eu não dei uma de coitadinha e comecei a chorar. Eu peguei o microfone e bati tanto na cabeça dele que só parei quando os amigos dele pediram. Para ele entender que eu posso estar pelada, mas se eu disser não, é não. Ele foi o único que tentou arrancar a minha calcinha”, disse a cantora em seu perfil no Instagram.

No último final de semana o vídeo que mostra a funkeira sendo assediada viralizou nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver a MC sendo carregada pelo segurança, quando um homem tenta arrancar a calcinha e outro apalpa o seio. Muitas pessoas pegam e dão tapas no corpo da cantora.

Ela ainda agradeceu os fãs que a apoiaram.

“Eu agradeço a todo mundo que está me defendendo. Eu não fiquei em nenhum momento pelada. E eu posso estar pelada se eu quiser, que se eu disse não, é não. E qualquer um que tentar vai bater de frente comigo, sim. O que tentou arrancar minha calcinha levou uma microfonada na cabeça”, contou.

Anúncio