Yasmin Brunet perde R$ 7,9 mil com golpe em aplicativo de entregas

A modelo contou detalhes do roubo, em suas redes sociais, e disse que o valor certo a ser cobrado era de R$ 77

São Paulo – Yasmin Brunet contou em seu Instagram que sofreu um golpe ao fazer um pedido em um aplicativo de entregas de comida. Na madrugada desta quarta-feira (21), ela disse que o motoboy inventou uma história sobre um acidente com a moto e posteriormente cobrou R$ 7,9 mil pela comida, sendo que o valor certo deveria ser R$ 77.

“Eu pedi um comida ontem, o entregador demorou muito para chegar. Ai mandei mensagem para ele perguntando setava tudo certo e ele inventou que a moto quebrou, que tinha acontecido alguma coisa e que ele não ia conseguir me entregar. Depois disso, liguei para o número que tinha no aplicativo, achando que era do restaurante, e quem me atendeu foi uma mulher. Expliquei tudo o que aconteceu, ela se desculpou e disse que ia me mandar um outro prato de cortesia”, disse.

A modelo contou que a golpista a fez cancelar o pedido pelo aplicativo e refazê-lo pela ligação. “O restaurante estava fechando, mas ela disse que ia conseguir me enviar um novo prato e que já até tinha um motoboy para me entregar a comida. Nisso ela me perguntou se eu ia pagar com crédito ou débito, eu desconfiei, porque ela disse que seria cortesia, mas eu tava com tanta fome que eu acreditei.”

Segundo ela, depois disso o motoqueiro chegou em 10 minutos na sua casa. “Desci para pegar a comida,o cara não tirou o capacete, estacionou a moto do outro lado da rua, para não filmarem a moto e estava super nervoso.”

“Antes de qualquer coisa, ele começou a se explicar e disse que a maquininha estava com problema. Ai ele mostrou o valor de R$ 77 na tela do telefone dele, como se estivesse conectado na maquininha. Só que na tela da maquininha não aparecia nada, nenhum número. Eu senti que estava estranho, mas achei que estava noiada, porque isso nunca tinha acontecido comigo. Eu passei, coloquei a minha senha. Nunca, em hipótese alguma, coloquem seu cartão em uma máquina que não parece o valor”, disse Yasmin.

Em seguida, ela contou que ouviu um apito da maquininha informando que o valor tinha sido aprovado. “Eu ouvi o bipe que tinha aceito, e ele virou e me falou que tinha dado cartão não autorizado e que eu ia ter que passar de novo. Eu falei: ‘Me mostra que deu não autorizado? Eu sei que passou, preciso que você me mostre’. Ele disse que eu tinha que pagar o valor da comida, que R$ 77 era o valor da taxa de entrega. Ele começou a enrolar, começou a tremer”, contou.

A partir daí ela começou a desconfiar do entregador e ele foi embora. Foi então que ela decidiu ligar para a operadora do cartão para ver quanto tinha sido debitado da sua conta. “Você acredita que o cara me roubou R$ 7,9 mil? Eu fiquei em choque quando a mulher falou que tinha passado R$ 7,9 mil”, desabafou.

Por fim, ela disse que está tentando recuperar o dinheiro e alertou os seguidores para que prestem atenção e desconfiarem de qualquer coisa que não pareça comum.

Assista ao vídeo completo:

Anúncio