Festival de danças urbanas traz história do Hip Hop, em Manaus

O evento contará com workshop de Breakdance, roda de conversa e Ocupa Cypher. No sábado, o acesso será gratuito, e no domingo a entrada custará R$5

Manaus – A cultura das danças urbanas ganhará destaque, neste sábado (24), durante o Festival “Batalha da Hora”, no Centro Cultural Palácio Negro, zona sul de Manaus, e domingo (25), no Centro de Desenvolvimento Comunitário do Coroado – CDCC, zona leste da capital.

O evento contará com workshop de Breakdance, roda de conversa e Ocupa Cypher. No sábado, o acesso será gratuito, e no domingo a entrada custará R$5.

Evento ocorre neste fim de semana (Foto: Divulgação/SEC)

No sábado, haverá um workshop de break-dance com o B-boy Leony Pinheiro; uma roda de conversa sobre a história do Hip Hop Manaus, comandada por Marcos Tubarão e Art96; além da intervenção artística Ocupa Cypher.

Já no domingo, as atividades ocorrem no Centro de Desenvolvimento Comunitário do Coroado (CDCC) com disputas de break – nas modalidades 3vs3, Toprock, Footwork, Power Tricks, Bgirl e All Style – que contam com premiações em dinheiro; batalha de rima, disputa de Beatbox, Graffiti ao vivo e roda de capoeira. A programação conta, também, com as atrações locais Manauaras em Extinção, e os DJs Carapanã, Tubarão e Nc.

Em sua décima edição, a batalha receberá diretamente de Belém do Pará o B-boy Leony Ribeiro que representa o Brasil, na Europa, participando dos principais eventos da cultura Hip Hop, como o Red Bc One.

Sobre o festival

O “Festival Batalha da hora” nasceu no ano de 2008 com o intuito de ser um evento propulsor para artistas das danças urbanas que queriam competir representando seus grupos e o Estado em grandes festivais nacionais e internacionais e que não tinham apoio financeiro.

O evento se tornou um dos maiores da cidade, resgatando e promovendo o “breaking” na sua mais pura essência.

Anúncio