Festival de Teatro da Amazônia anuncia os vencedores da 16ª edição

Foram dez dias de programação, com 30 espetáculos de todo o País, apresentados em diferentes locais do Centro de Manaus

Manaus – A 16ª edição do Festival de Teatro da Amazônia (FTA), realizado pela Federação de Teatro do Amazonas (Fetam), entregou 16 prêmios durante a festa de encerramento, realizada no último dia 13 de outubro de 2022, no Curupira Mãe do Mato. O Festival marcou o retorno dos artistas e do público ao formato presencial, contou com sessões lotadas. Foram dez dias de programação, com 30 espetáculos de todo o País, apresentados em diferentes locais do Centro de Manaus.

Toda a programação foi gratuita e realizada no Teatro Amazonas, Gebes Medeiros e espaços alternativos, como as ruas de Manaus e Largo São Sebastião, assim como teve intervenções no Amazonas Shopping, apoiador do evento. A Mostra Jurupari, que foi competitiva, contou com 12 espetáculos, assim como a Mostra Edelza Sahdo, que foi a não-competitiva. Outros seis espetáculos convidados completaram a programação.

Entre as principais premiações esteve o Prêmio Especial para Ednelza Sahdo, a dama do teatro amazonense que leva o nome de uma das duas mostras desta edição. Atriz, diretora, produtora, cantora, sambista e ex-presidente da Fetam, Ednelza Sahdo tem uma trajetória com 50 anos de carreira. “Por amor à arte foi pioneira enfrentando o preconceito e o machismo para, ainda adolescente, poder atuar e cantar. Época em que mulheres não eram bem vistas por serem artistas”, destaca o presidente da Fetam, Francis Madson.

PREMIADOS XVI FESTIVAL DE TEATRO DA AMAZÔNIA

1 – Prêmio Melhor Designer de luz:

Vencedor (a):
Natalie Revorêdo – Sopro d’água

2- Prêmio Melhor Designer de som:

Vencedor(a):
Rinaldo Santos – Onde Morrem os Pássaros

3- Prêmio Especial para Pesquisa em formas Animadas:

Ana Pessoa – O ovo da cuca

4- Prêmio Melhor Maquiagem

Vencedor(a):
Amar é crime

5- Prêmio Melhor Figurino

Vencedor(a):
Gabi Holanda – Sopro d’água

6- Prêmio Melhor Cenografia

Vencedor(a):
Daniel Olivetto – Amar é crime

7- Prêmio Melhor Dramaturgia do corpo

Vencedor(a):
Sopro d’água

8- Prêmio Melhor Dramaturgia

Vencedor(a):
Max Reinert – Índice 22

9- Prêmio Melhor Ator Coadjuvante

Vencedor(a):
Roberto Carlos Jr.

10- Prêmio Melhor Atriz Coadjuvante

Vencedor(a):
Koia Refkalefsky

11- Prêmio Melhor Atriz

Vencedor(a):
Denise da Luz

12- Prêmio Melhor Ator

Vencedor(a):
Anderson do Nascimento

13- Prêmio Incentivo à pesquisa cênica

Vencedor(a):
Preciso falar

14- Prêmio Melhor Direção

Vencedor(a):
Felipe Maia Jatobá – Desassossego

15 – Prêmio Melhor Espetáculo

Vencedor(a):
Gotas de saberes

16- Prêmio especial:

Ednelza Sahdo

Anúncio