Festival de Teatro da Amazônia lança editais para espetáculos da 17ª edição

Inscrições abertas até 25 de setembro para as mostras Jurupari e Ednelza Sahdo

Manaus – Estão abertas as inscrições para o 17º Festival de Teatro da Amazônia (FTA), que acontece entre os dias 7 e 15 de outubro. Os editais de seleção dos espetáculos para a mostra competitiva Jurupari e mostra não competitiva Ednelza Sahdo estão disponíveis no link.

(Foto: Alex Pazuello/Secom)

O evento é viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet, via Ministério da Cultura, apresentado pela Nubank e organizado pela Federação de Teatro do Amazonas (Fetam), com apoio da Weg e do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

O Festival de Teatro da Amazônia traz 30 espetáculos na programação deste ano, são 15 na mostra Jurupari, 10 na mostra Ednelza Sahdo e cinco obras convidadas, além de concurso de dramaturgia, rodas de conversa, oficinas, vivências na periferia e projeto de mediação. Cleber Ferreira, presidente da Fetam, destaca que a estimativa é receber mais de 200 inscrições, de diferentes regiões do Brasil, especialmente coletivos e artistas da Amazônia.

“É um grande festival, com R$ 600 mil em premiações e ocupando os principais palcos de Manaus, do majestoso Teatro Amazonas a arte pública, que será oferecida nas ruas e largos da cidade, em nove dias de muita programação teatral”, afirma o titular da Fetam. “Nosso objetivo é fazer de Manaus a capital do teatro do norte do país”.
Na Mostra Jurupari podem participar espetáculos inéditos no festival e de linguagens diversas, em formatos italiano, arena, alternativo ou rua. Os espetáculos da categoria competitiva vão concorrer a 16 prêmios, divididos entre adulto e infantil. Cada produção vai receber o valor bruto de R$ 2.200.

Já na categoria Ednelza Sahdo podem se inscrever proponentes contemplados em edições anteriores do FTA.

Os projetos vão ser analisados pela comissão de seleção, conforme os critérios de qualidade artística, técnica e estética; concepção do espetáculo; currículo ou portfólio do proponente; e originalidade da encenação. A comissão é formada por um representante da diretoria no processo curatorial, um servidor da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e um representante federado adimplente, sem participação em espetáculos.

Inscrições
Podem inscrever propostas do Amazonas, da região norte e demais Estados brasileiros. No formulário deve conter sinopse do espetáculo, ficha técnica, lista da equipe de operação com nome completo, função, RG e CPF, classificação etária, projeto de montagem e concepção cênica em formato PDF, currículo do grupo, cia e/ou artista independente, cinco fotos do trabalho em alta resolução com créditos do fotógrafo, portfólio artístico e/ou clipping do espetáculo inscrito em formato PDF, declaração de Direitos Autorais, no caso de dramaturgia e/ou trilha sonora original, anexar à liberação do autor; necessidade técnica (rider técnico de luz e som com descritivo dos equipamentos a serem utilizados), mapa de luz, sonorização e palco em formato PDF, texto dramatúrgico/roteiro em formato PDF, liberação de uso de imagem de cada membro do grupo, link de vídeo no Youtube, Vimeo e/ou plataformas de vídeos do espetáculo, na íntegra e com e/ou sem edição. Em caso de vídeo privado, indicar senha de acesso para análise de vídeo pela curadoria. Os grupos e companhias com pessoas com deficiência deverão anexar ao projeto uma lista com necessidades técnicas para a realização e assistência dos mesmos.

O resultado vai ser divulgado no endereço eletrônico da Federação de Teatro do Amazonas (www.fetam.com.br) até o dia 29 de setembro.

Anúncio