Festival Passo a Paço 2018 terá reforço de Gloria Groove

Cantora e drag queen se junta ao line-up do evento manauara, que ocorre em setembro. Em entrevista ao PLUS, ela falou da alegria de retornar à cidade e do novo repertório para o seu show

Manaus – Se não bastasse a presença de Elza Soares, Iza, Projota e dos músicos do Grande Encontro, a nova edição do Passo a Paço 2018 acaba de ganhar um novo reforço: a cantora e drag queen Gloria Groove. A artista se apresentará no dia 2 de setembro, na mesma ocasião em que Iza e o trio formado por Elba Ramalho, Alceu Valença e Geraldo Azevedo subirão ao palco do festival, no Centro Histórico de Manaus.

A cantora se apresentará no dia 2 de setembro, na mesma ocasião em que Iza e o trio formado por Elba Ramalho, Alceu Valença e Geraldo Azevedo subirão ao palco do festival. (Foto: Divulgação)

Em entrevista ao PLUS, Gloria não escondeu a felicidade de retornar à capital amazonense. “A equipe do Passo a Paço me procurou e fiquei muito feliz que deu certo. Amo estar no Amazonas”, afirmou ela, que foi escolhida como atração surpresa do evento. “É muito gratificante ter sido convidada, principalmente, por estar representando toda a comunidade LGBTQ+ e, também, por me apresentar ao lado de figuras nacionais que me inspiram todos os dias”, acrescentou a artista, referindo-se aos ‘gigantes’ da música nacional que marcam presença no festival, neste ano.

Para a sua apresentação, Gloria promete um show totalmente novo e repaginado. “Estou levando um repertório com músicas do primeiro álbum, os ‘feats’ (colaborações musicais) que amamos e, é claro, sucessos como ‘Bumbum de Ouro’ e ‘Arrasta’”, adiantou a cantora.

Movimento drag

Uma das grandes representantes do movimento drag da atualidade, no País, Gloria falou sobre a mudança que o ramo do entretenimento nacional sofreu com o ‘boom’ de Pabllo Vittar e a popularização da atração internacional ‘RuPaul’s Drag Race’. “Acredito que uma grande transformação está acontecendo, no inconsciente coletivo, no que se diz respeito à diversidade e arte feita por LGBTQs”, pontuou.

“A música e a arte da performance têm papel importantíssimo na desconstrução de valores patriarcais e sexistas e sinto que as drag queens incorporam a ‘não conformidade’ de expressão de gênero. Em um país como o Brasil, que é estatisticamente o lugar mais perigoso para ser LGBTQ+, no mundo, é de extrema importância que uma cena composta por figuras como nós exista e resista todos os dias”, completou a cantora.

Próximos projetos

Após a participação no Passo a Paço 2018, Gloria Groove pretende lançar o que — nas palavras da própria artista — tem sido o seu grande ‘xodó’ do momento: uma nova faixa no estilo R&B. “Estamos em processo de pré-produção do vídeo”, revelou. “Estou em constante processo criativo e edição de ideias, pois gosto de cantar muitos estilos diferentes, mas, nessa fase da minha vida, tenho que saber administrar essas possibilidades”, finalizou.

Passo a Paço

A nova edição do festival acontecerá, nos dias 1º e 2 de setembro, nos espaços do Centro Histórico da cidade, e terá 15 horas de programação artística, distribuída em três palcos. Como novidade, o evento estreará a Plataforma Malcher, como palco para os shows de Elza Soares, Projota, Iza e O Grande Encontro, além de artistas locais.

O Passo a Paço começa, sempre, a partir das 16h e possui entrada gratuita. Para conferir a programação completa do evento, é só acessar a internet.