Fiéis pagam promessas durante a Via Sacra: ‘toda procissão iria participar descalça’

“Fizemos a promessa que se eu saísse da cadeira de rodas e que essas doenças tivessem cura, nós doaríamos água para as pessoas”, contou um dos fiéis

Manaus – Como é comum em todos os anos, diversos fiéis participam da Via Sacra, além de lembrar a morte de Jesus, para cumprir promessas durante a celebração. A dona de casa Maria Auxiliadora da Silva, 64, fez todo o percurso, na manhã desta sexta-feira (30), sem sandália nos pés. “Vim descalça para pagar uma promessa que eu fiz. Disse que toda procissão que tivesse iria vir, participar e descalça”, revelou. O evento da igreja católica reuniu, aproximadamente, cinco mil fiéis, segundo estimativa da Polícia Militar (PM).

Via Sacra aconteceu na manhã desta Sexta-feira Santa (Foto: Raquel Miranda)

O técnico em hemoterapia José Hernanes de Oliveira Siqueira, 63, conta que já superou vários problemas de saúde com a mulher, e dedicou o momento para agradecer e também cumprir uma promessa. “Fizemos a promessa que se eu saísse da cadeira de rodas e que essas doenças tivessem cura, nós doaríamos água para as pessoas. Hoje estou muito bem, graças a Deus. Vamos cumprir essa promessa até o fim da minha vida”, relatou, acrescentando que já realiza essa atividade há 10 anos.

Galeria: veja fotos da Via Sacra 2018, em Manaus

Semelhante ao gesto do casal, a estudante Kiara Almeida, 24, e sua mãe também decidiram distribuir água para os fiéis que participavam da Via Sacra. “No último ano, minha mãe alcançou muitas graças, e disse que se conseguisse resolver tudo iria distribuir água na Via Sacra. Tomamos essa decisão e estamos felizes.” disse a jovem.

O arcebispo metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Castriani, participou de toda caminhada, que teve início às 9h, e classificou o ato como Via Sacra da humanidade. O religioso celebrou a grande participação dos fiéis. “O caminho de Jesus é o caminho de cada um. Jesus se fez homem como nós e nos deu vida. Esse é o amor de Deus por nós. Via Sacra nos lembra do sofrimento de Jesus e também da crescente violência. Nós choramos também por aqueles que morrem, hoje. Esse é o grande desafio para nós: superar a violência”, finalizou.

(Foto: Raquel Miranda)

Juventude na Via Sacra

A Via Sacra também é a celebração onde jovens têm a oportunidade de conhecer um pouco sobre o ato de amor feito, segundo o Cristianismo, por Jesus Cristo. Os amigos Rodrigo Azambuja, 18, Jéssica Aguiar, 20, e Lucas Soares, 17, disseram participar da celebração desde a infância. “Sempre viemos por tradição da nossa família”.

Com apenas 8 meses de vida, e vestido como um anjinho, o pequeno Murilo foi firme e aguentou junto aos pais todo o trajeto da Via Sacra. Ao nascer, segundo os pais, o pequeno foi ‘desenganado’ pelos médicos e a família se apegou à fé como forma de escape àquela situação ruim. “Ele nasceu sem oxigenação na hora do parto e foi entubado. Ele passou 10 dias na UTI e não tinha avanços nem desenvolvimento e fomos desenganados pelos médicos. Mas prometemos que se ele se desenvolvesse bem, como ele vem se desenvolvendo, nós o traríamos na sexta-feira para a procissão da semana santa vestido de anjo” contou a mãe, Milena Rodrigues Miranda, 27.

Via Sacra reuniu fiéis em ruas de Manaus Foto: Raquel Miranda)

O administrador Fabricio Falcone, 33, levou os dois filhos, Gustavo, de anos 12, e Ana Clara, 3, para participar pela primeira vez da Via Sacra, em Manaus, realizada nesta sexta-feira (30). “Todos os anos eu participo. Hoje, resolvi trazer a minha família para poder explicar o sentimento e para que eles sintam a vivência da Via Sacra, ver como Jesus Cristo sofreu por nós”, disse.

Anúncio
Anúncio