Fim das férias também afeta bichinhos

De acordo com a médica veterinária Brenda Alencar de Oliveira, deixar diferentes tipos de brinquedos espalhados pela casa é uma opção para manter os bichinhos distraídos

Manaus – A volta às aulas muda a rotina de toda a família, incluindo dos bichinhos de estimação, que acabam tendo que se adaptar aos novos horários e compromissos dos outros moradores da casa. Para evitar que eles sofram e acabem apresentando comportamentos inadequados, a médica veterinária Brenda Alencar de Oliveira, do centro de atenção animal Petland Vieiralves, dá algumas dicas para que os tutores dos animais possam tornar o processo mais fácil, tanto para gatos quanto para cachorros.

De acordo com a especialista, deixar diferentes tipos de brinquedos espalhados pela casa é uma opção para mantê-los distraídos. Essa dica serve tanto para cães quanto para gatos. “Precisam ser brinquedos e objetos que eles possam interagir sozinhos. Os gatos são mais independentes e os cachorros sentem mais a falta dos tutores, por isso a importância de oferecer a eles mais opções de distração, como ursinhos que apitem ou emitam sons”, afirmou.

Para os gatos, duas ótimas opções são as tocas de papelão e brinquedos com a famosa ‘catnips’ (Foto: Divulgação)

Dentre as opções para cachorros, estão bolinhas que podem ser ‘recheadas’ com petiscos ou ração. Os animais costumam passar bastante tempo tentando pegar os petiscos, gastando, assim, mais energia e deixando o tédio de lado. Outra opção são os brinquedos emborrachados com sabores de frango e bacon, que costumam chamar muito a atenção dos bichinhos.

Para os gatos, duas ótimas opções são as tocas de papelão e brinquedos com a famosa ‘catnips’, também conhecida como ‘erva de gato’, que, além do efeito de relaxamento, auxiliam na promoção da atividade física e mental.

Outro cuidado que faz muita diferença para os animais e com que eles não se sintam muito sozinhos é deixar acessível uma peça de roupa com o cheiro do dono. “Assim, ele pode se sentir mais seguro e tranquilo”, assegurou a especialista.

Alimentação

Ainda de acordo com a médica veterinária, outro item que precisa de uma atenção especial é a alimentação dos bichinhos que ficam sozinhos em casa. Brenda explica que a alimentação precisa ser oferecida nos horários em que os tutores estejam presentes e que a mudança de horário de disposição do alimento precisa ser feita gradativamente, para que não cause estranheza aos pets. Para quem preferir deixar os alimentos disponíveis durante todo o dia, precisam respeitar a quantidade diária consumida pelo animal.

Outras dicas podem ser obtidas diretamente no Instagram do centro de atenção animal Petland Vieiralves, que é @ice.petland.vieiralves. O telefone para informações é (92) 3345-6583.