Almoço de Páscoa aliado a novidades

Saiba como fugir do tradicional e montar uma ceia totalmente diferente, porém, não menos saborosa

Manaus – A uma semana da Páscoa, as atenções se voltam para um dos itens mais importantes do período: a ceia. O cardápio do primeiro domingo de abril costuma ser bem tradicional, porém, engana-se quem acha que a tradição não pode dar espaço ao novo. Caso esteja em busca de ideias inovadoras para o almoço de Páscoa, esta matéria é para você. Confira:

Tchau, bacalhau

Carro-chefe da ceia, o bacalhau pode, sim, ser substituído por outros peixes. Afinal, não há dia mais propício para experimentar novos sabores de peixes que no Domingo de Páscoa. Uma das opções – que vem ganhando cada vez mais apreciadores, no Brasil – é o salmão. O peixe de águas profundas combina com as tradicionais batatas assadas, que fazem parte da bacalhoada, mas, também, casa perfeitamente com batatas sauté ou com um purê bem temperado. Finalizar o salmão com um molho especial, como o de maracujá, é sucesso na certa.

Outra iguaria que cai muito bem no almoço de Páscoa (e no bolso) é o atum. Excelente fonte de proteínas, vitaminas e sais minerais, esse peixe é comumente consumido nas suas versões em conserva, acompanhando lanches e saladas. Para o domingo, 1º, ele pode ser preparado com batatas e chutney.

Já a sardinha, que geralmente é servida em porções pequenas, pode se tornar um dos pratos principais da ceia, caso seja combinada com macarrão integral e vegetais variados.

Churrasco de frutos do mar

Quem costuma aderir aos princípios da Quaresma e sofre com o período longe do amado churrasco pode optar por algo com frutos do mar. Uma boa ideia é grelhar na brasa os seus frutos e peixes preferidos e servi-los acompanhados de uma salada caprichada. Vale apostar em pimentões, cebolas e tomates na hora de levar o alimento para a grelha, para que o sabor dos legumes se misture. Um delicioso combo para o ‘churrasco de frutos do mar’ inclui camarões, lula e peixes vermelhos.

Caso não esteja satisfeito com essa combinação, recorra à boa e velha paella. O prato pode ganhar novos sabores caso seja aliado a lula, camarões, mexilhões, arroz, legumes variados e vinho branco.

Doces e sobremesas

O almoço de Páscoa termina, geralmente, no chocolate. Seja na troca dos ovos temáticos ou em bolos e tortas que levam o recheio, a iguaria está sempre presente na ceia. No entanto, ela, também, pode ser substituída: existem alternativas igualmente gostosas e com preços bem mais acessíveis.

Se você não abre mão do chocolate, mas quer dar uma variada (ou economizada), uma das opções é o brownie. Servido com sorvete de creme ou baunilha, o bolinho norte-americano cai bem com bebidas mais quentes. Logo, é uma escolha perfeita para ser servida com um cafezinho, no encerramento do almoço.

Outro doce que merece atenção é o churro. Dourada e crocante, a quitute – bastante comum nos festejos juninos – tem o trunfo de poder ser combinada com inúmeros recheios. Entre os mais famosos, estão: goiabada, doce de leite e brigadeiro.

Para os mais pragmáticos – e menos tradicionais – a pizza de chocolate também ganha espaço na ceia ‘alternativa’ de Páscoa. Sugerida como sobremesa, sua versão doce pode ser preparada com chocolate preto, branco ou amargo e ingredientes como frutas, geleias, coco ralado e banana.