Grammy 2022 pode ser adiado após aumento nos casos de Covid-19

Boatos sobre uma nova data para a premiação musical, marcada para 31 de janeiro, ganharam ainda mais força nas redes sociais

São Paulo – Os rumores de que a cerimônia do Grammy 2022 será adiada ganharam mais força nas redes sociais com uma nova reportagem do site da Billboard.

De acordo com a publicação, uma fonte diretamente ligada à premiação musical diz que está “parecendo provável” que o adiamento vá mesmo acontecer.

Foto: REX FEATURES/SHUTTERSTOCK /THE GROSBY GROUP

O motivo seria o aumento no número de casos de Covid-19 nos Estados Unidos, por conta da variante Ômicron.

Ainda segundo a Billboard, outras fontes apostam que a cerimônia, marcada para 31 de janeiro, deverá ganhar uma nova data em breve.

Se confirmado o adiamento, será o segundo ano seguido em que o Grammy entrega seus prêmios com “atraso” por causa da pandemia. No ano passado, a cerimônia aconteceu apenas em março.

Na época, a premiação mudou de local, do Staples Center para o Los Angeles Conventions Center, que tem área aberta e permitia menos aglomerações.

Entre os indicados do ano, o cantor e compositor Jon Batiste lidera as indicações, concorrendo em 11 categorias. Na sequência aparecem Justin Bieber, Doja Cat e H.E.R., com 8 indicações cada, além de Billie Eilish e Olivia Rodrigo, cada uma indicada para 7 prêmios.

Anúncio