Grupos indígenas de dança estrelam ‘Corpos Amazônicos’

Participarão os grupos, Sahu – Hyn”, do povo Sateré-Mawé – Aldeia Sahu-Apé (Iranduba); Grupo Mowatcha – Parque das Tribos (Manaus) e Grupo Beija Flor Tuyuca e Tukano

Manaus – Grupos indígenas de dança e música da etnia sateré-mawé, tuyuca e tukano participam nesta sexta-feira, (16), e no sábado, (17), do projeto cultural ‘Corpos Amazônicos em Cena’. A programação contará ainda a apresentação do espetáculo de dança contemporânea, ‘Apoena – Aquele que vê longe’, na sexta-feira, e ‘Mestiçagem/Megacitsem’, no sábado, a partir das 19h, com transmissão pelo Youtube, disponível no link http://bit.ly/corpoamazonico.

Participarão do projeto os grupos, Sahu – Hyn”, do povo Sateré-Mawé – Aldeia Sahu-Apé (Iranduba); Grupo de dança Mowatcha – Parque das Tribos (Manaus) e Grupo de Dança Indígena Beija Flor Tuyuca e Tukano (Rio Preto da Eva).

A transmissão ocorre pelo Youtube, (http://bit.ly/corpoamazonico) (Foto: Divulgação)

“Junto com o grupo de dança Mowatcha apresentaremos o ritual da curandeira, a dança cultural da ancestralidade e um canto sagrado, com a música ‘Povos pescado no Lago sagrado Eware’, que eu mesma escrevi”, explicou Elizete Tikuna.

A programação de sexta-feira inclui ainda a encenação do espetáculo solo de dança contemporânea ‘Apoena – aquele que vê longe’, com direção e atuação de Francis Baiardi, que retrata o indígena da atualidade, seu lugar na sociedade, a realidade no cotidiano da aldeia, a pureza e espontaneidade do olhar e do corpo que fala.
Sábado
No sábado, (17), o público poderá assistir ‘Mestiçagem/Megacitsem’, da Contém Dança Cia, que retrata um Brasil nortista, negro, caboclo, indígena, trazendo à tona narrativas que nos afirmam em relação as nossas raízes. No mesmo dia haverá uma nova apresentação dos grupos indígenas. Toda a programação será online e contará com intérprete de libras.

Edital

“Corpos Amazônicos em Cena” foi contemplado pelo edital Programa Cultura Criativa 2020 – Lei Aldir Blanc, lançado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (SEC). “Corpos Amazônicos em Cena” iniciou no dia 25 de março e já realizou mesas redondas, palestras, oficinas e agora inicia a série de apresentações.

Anúncio