Imortais lançam livros, neste sábado, na Academia Amazonense de Letras

Os títulos ‘Amazônia Fragmentos da História’, ‘Álvaro Maia: Canção de Fé e Esperança’, ‘Envelhecer É U m Privilégio (parte 1)’ e ‘Cotidiano Pitoresco’ serão apresentados na Casa de Adriano Jorge

Manaus – A Academia Amazonense de Letras (AAL) lança, neste sábado (16), a partir das 9h30, quatro livros escritos por seus imortais. O evento dá início as atividades da Casa de Adriano Jorge, na Rua Ramos Ferreira, 1.009, Centro, como é conhecida a instituição amazonense.

‘Amazônia Fragmentos da História’, de Abrahim Baze; ‘Álvaro Maia: Canção de Fé e Esperança’, de Cármen Novoa; ‘Envelhecer É Um Privilégio (Parte 1)’, de Euler Ribeiro e ‘Cotidiano Pitoresco’, de Mazé Mourão serão lançados com direito à palestras.

Na oportunidade, o imortal José Braga, diretor de edições da AAL apresentará detalhes do projetos e os próximos lançamentos. Para o presidente da instituição, Robério Braga, o evento é uma reaproximação com público que já sentia falta das atividades realizadas na Casa de Adriano Jorge.

Abrahim Baze, Cármen Novoa, Mazé Mourão e Euler Ribeiro lançarão seus respectivos livros, neste sábado (16) (Foto: Reprodução)

“O publico busca conhecer mais sobre a produção literária amazonense. As pessoas perguntam pelas redes sociais quando retornaremos e isso é gratificante. Perceber  que a população aprova este trabalho e até o cobra é de uma felicidade imensa, só podemos ficar gratos”, falou.

Ao todo, cerca de 40 títulos inéditos escritos pelos imortais serão lançados na Coleção Especial do Centenário, que conta com apoio do governo do Estado e da Prefeitura de Manaus. Entre eles estão: Newton Sabbá Guimarães, Marilene Corrêa da Silva Freitas, Luiz de Miranda Corrêa, Mário Ypiranga, Elson Farias, Zemaria Pinto, Almir Diniz, Márcio Souza e Dom Luiz Soares Vieira. Mais informações estão no site da AAL.