‘Manauaras em Extinção’ traz regionalismo experimental e temática indígena em novo disco

Intitulado ‘Tauari’, o disco será lançado nesta quarta-feira (27), no Largo São Sebastião, durante o ‘Tacacá na Bossa’

Manaus – A banda amazonense ‘Manauaras em Extinção’ lançará o álbum ‘Tauari’ em todas as plataformas digitais, streaming e com show na programação do Tacacá na Bossa desta quarta-feira (27), a partir das 19h, no Largo São Sebastião. O acesso é gratuito.

Jander Manauara (vocal), Denis L.d.O (vocal), Otto Brau (DJ), Henn (guitarra), Nogz (Baixo) e Ed Black (Bateria) formam a banda Manauaras em Extinção (Foto: Divulgação)

Composto por sete músicas, o disco tem produção assinada por Ferreson Studio e finalização de Fubica Studio por Jefferson Mady, contando com apoio do SESC – AM, parceria que, através da circulação Amazônia das Artes 2018, gerou incentivos para produção do EP.

‘Tauari’ foi produzido em um ano e meio entre pré-produção e o lançamento. Jander Manauara, vocalista da banda, explica que o disco é parte das ações planejadas para o próximo ano.

“É mais um passo com muito planejamento para o que queremos pra 2020, é a hora de começar a trabalhar esse lado audiovisual pós-lançamento do álbum nos streaming com material mais solidificado, buscando quem sabe uma conexão com outros estados através de festivais e parcerias com outros nichos artísticos”.

Além de Jander, Denis L.d.O (Vocal), Otto Brau (DJ), Henn (guitarra), Nogz (Baixo) e Ed Black (Bateria) formam a banda Manauaras em Extinção, que está na estrada desde 2017 e apresenta uma sonoridade que transita em beats eletrônicos, experimentalismo regional, guitarrada, rock e rap.

Tauari

O uso do cigarro de Tauari é prática comum entre as curandeiras e muitas etnias indígenas para espantar as más energias ou, simplesmente, para benzer as pessoas.

Em rituais onde se utiliza o cigarro, as curandeiras dão baforadas espalhando boa energia aos participantes dos ritos.