Artista amazonense Cella lança feat com cantor carioca ZéVitor

A música também ganha um videoclipe, que estará disponível, no mesmo dia, no canal do cantor no Youtube

Manaus – A artista amazonense Cella lança, na sexta-feira (19), o feat “Bem Perto”, com o cantor carioca ZéVitor. A canção é a quarta faixa disponibilizada para o público do álbum Existencial, de ZéVitor, e que poderá ser ouvida em todas as plataformas digitais.

(Foto: Divulgação)

A música também ganha um videoclipe, que estará disponível, no mesmo dia, no canal do cantor no Youtube. “Bem Perto” é definida por ZéVitor como uma faixa que é uma espécie de “sobremesa antecipada”. A canção conta com a voz aveludada de Cella, com uma melodia sutil e versos declaradamente apaixonados.

Produzida por Aureo Gandur e Garcia Gabé, o arranjo contém guitarras e efeitos tão singelos quanto sofisticados, criando o clima propício à mensagem da faixa.

“Bem Perto” é o terceiro lançamento do ano de Cella, que já havia apresentado uma releitura da canção “Vapor Barato”, em homenagem à Gal Costa, e o single “Palpitante”, em parceria com o cantor baiano Yan Paiva. “Esse é um ano que tenho me dedicado mais à música e as parcerias têm sido incríveis”, afirmou.

Para Cella, “Bem Perto” é uma canção que promete encantar o público. “Estou extremamente feliz com o resultado dessa parceria. Tenho certeza que o público vai gostar. O ZéVitor tem um trabalho incrível e que vai ao encontro do que eu também faço, misturando MPB, R&B e Pop”, ressalta.

Sobre os artistas

Cella tem atuado em várias frentes. Ela se lançou nacionalmente em 2017, participando do The Voice Kids, programa da Rede Globo, ainda como Marcella Bártholo, seu nome de batismo. Amazonense, Cella, nome artístico que passou a adotar, se mudou para o Rio de Janeiro em 2019, apostando na formação teatral.

Nos palcos cariocas, participou de espetáculos musicais como “Brilha La Luna” e “Cazas de Cazuza”. Ao mesmo tempo, tem preparado músicas autorais, feats e projetos audiovisuais, mostrando também sua faceta como diretora artística, roteirista e compositora.

Ela também é diretora artística da escola In Cena Casa de Artes e Produções, localizada em Botafogo, no Rio de Janeiro. Além do projeto solo musical, que Cella está mergulhada este ano, ela estará também no elenco da nova série da HBO Max, “Use Sua Voz”, que será lançada em junho.

O trabalho de ZéVitor transita por temas relevantes e essenciais, com uma visão que só um artista de sua geração poderia ter. A cada novo álbum ou EP, o artista flerta com estilos e linguagens tão distintas que, não seria exagero dizer, a mudança é a sua única constante.

No fim de 2021, ZéVitor se uniu aos produtores musicais Aureo Gandur e Garcia Gabé para a uma nova fase em sua carreira, lançando os singles: Quente – “Quem Te Disse Quem Eu Sou?” e Vermelho – ‘Enfim agora, mundo pode acabar”, numa reflexão sobre o que pode acontecer com o planeta.

Neste ano, ele tem apresentado algumas músicas antecipadas do seu próximo álbum Existencial. A primeira faixa, que recebe o mesmo título do álbum, é um indício da temática predominante do disco: a questão da autoimagem e do senso de pertencimento. Na sequência, foram lançados Fúria dos Imortais e Livro Antigo.

Anúncio