A história do reggae é destaque no palco do Teatro Amazonas

O evento será divido em dois momentos: no primeiro, será ministrada uma palestra com Lucas Kastrup e no segundo momento, um show com a presença de artistas locais

Manaus – Uma palestra musical que apresentará um estudo diversificado sobre a cultura mundial do reggae. Assim será a segunda edição do ‘Na Batida do Reggae’, que acontecerá na próxima terça-feira (19), a partir das 20h, no Teatro Amazonas.

No evento, Lucas Kastrup, fundador da banda Ponto de Equilíbrio, contará o contexto histórico da música jamaicana, em meio à prática de tambor, bateria e percussão. Na sequência, apresentará cânticos tradicionais Nyahbinghi (música rastafári) e alguns sucessos da banda que o consagrou.

“O evento será dividido em duas partes. A palestra musical abre a programação com o Lucas narrando todo o contexto histórico do ritmo, desde o toque Nyahbinghi, que representa o som do coração, e a evolução até a batida do reggae que conhecemos hoje”, comenta Carol Chaves, produtora do evento. “Depois tem o show com os grandes sucessos do reggae”.

O artista Lucas Kastrup fará uma palestra e também um show, no Teatro Amazonas (Foto: Divulgação)

Participações

Na segunda parte do evento, Lucas dividirá o palco com artistas locais: Vívian Gramophone e Natty dos Anjos (vocais), Cileno (violão e vocal), Leonardo Pimentel (percussão), Marcos Cileno (baixo) e Diogo Navia (flauta). No repertório do show, sucessos da banda Ponto de Equilíbrio e também de Lucas em carreira solo, entre eles, “Novo dia”, ‘Ventre Materno’, ‘Quem Não Tem Amor’, ‘Todos os Dias’ e ‘Aonde Vai Chegar’.

O artista

Idealizador do ‘Na Batida do Reggae’, Lucas Kastrup é um dos fundadores da banda Ponto de Equilíbrio, referência do reggae atual. Além de baterista, é autor de diversas composições, entre elas ‘Novo Dia’, ‘Árvore do Reggae’, ‘Velho Amigo’, ‘Fio da Fé’. Antropólogo, doutor pelo programa de pós-graduação em Ciências Sociais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), desenvolve pesquisa sobre música. Desde 1999, atua em constante turnê nacional e internacional, com passagens por África, Europa e América do Sul.

Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) e estão à venda na bilheteria do teatro e nas plataformas do Alô Ingressos (site e estandes dos shoppings Amazonas e Sumaúma). Quem compra ingresso do primeiro lote, ganha um copo personalizado do evento. A classificação indicativa do evento é livre, mas menores de 14 anos devem estar acompanhados pelos pais ou responsável legal. Mais informações: (92) 99205-2920.