Milton Nascimento e Criolo lançam EP para arrecadar doações durante a pandemia

‘Existe Amor’ é formado por quatro músicas e é parte do projeto homônimo para arrecadar doações à população em situação de rua na capital paulista

São Paulo – Criolo está cumprindo a quarentena do novo coronavírus em São Paulo, mas sua cabeça está preocupada com outra coisa. “Só fico pensando em quem não consegue estar em casa como eu estou”, desabafou por telefone ao ‘Estadão’. Cria do Grajaú, ele retomou a parceria iniciada em 2014 com Milton Nascimento ao lançar o EP de quatro faixas ‘Existe Amor’ como parte do projeto homônimo para arrecadar doações à população em situação de rua na capital paulista.

A campanha de Criolo e Milton já arrecadou mais de R$ 125 mil, o suficiente para ajudar três mil pessoas (Foto: Divulgação)

Lançada no último dia 24, a campanha à qual ele e Milton atrelaram o lançamento do EP já arrecadou mais de R$ 125 mil, o suficiente para ajudar três mil pessoas. A meta final do projeto, idealizado em conjunto com a agência AKQA e o Coala Lab, do Festival Coala, é conseguir R$ 1 milhão.

Milton Nascimento, por sua vez, revela-se um artista incansável – nesta quinta-feira (14), ele participa do festival The New Gig, live organizada pela Jazz Foundation of America para ajudar músicos de jazz e blues que enfrentam dificuldades financeiras durante a pandemia do novo coronavírus. Além dele, lendas como Elvis Costello, Sheryl Crow, Bootsy Collins, Kim Wilson, Jon Batiste e Hot 8 Brass Band também vão apresentar seus trabalhos

Criolo e Milton Nascimento se conheceram em 2012, nos bastidores do Grande Prêmio da Música Brasileira, após serem apresentados por Ney Matogrosso. Desde então, já trocaram participações nos shows um do outro e fizeram a turnê conjunta ‘Linha de Frente’, em 2014.

A dupla vem acompanhada pelo pianista recifense Amaro Freitas nas releituras de ‘Existe Amor em SP’, lançada originalmente no disco de estreia do rapper, ‘Nó Na Orelha’; e ‘Cais’, clássico do Clube da Esquina (que ganharam videoclipes filmados apenas dias antes de a quarentena começar). Já o maestro Arthur Verocai é responsável pela produção de ‘O Tambor e Dez Anjos’, esta última composta por Criolo e Milton a pedido de Gal Costa para ‘Estratosférica’, seu álbum de 2015.

“Esse projeto começou há dois anos, quando começamos a pensar duas músicas com músicos maravilhosos e a direção do Daniel Ganjaman”, explica Criolo.

“Foi um encontro de almas, com certeza, e sem medo nenhum de usar o clichê. Criolo, Amaro e eu temos muitas coisas em comum”, afirma Milton – ou Bituca, como é apelidado.

Anúncio