Neguinho da Beija-Flor fará 2 shows no Amazonas, em junho

Cantor e compositor diz que o Estado tem o povo mais receptivo do País e que, se não tivesse nascido no Rio, gostaria de ser manauara

Com informações da assessoria – [email protected]

No dia 3, show será no município de Urucará e, no dia 11, na capital amazonense (Foto: Divulgação)

Manaus – Personalidade do Carnaval do Rio de Janeiro, Neguinho da BeijaFlor tem duas apresentações agendadas para junho, no Amazonas. O cantor e compositor que é o recordista de títulos da folia carioca com 13 campeonatos junto com a escola de samba que defende há 41 anos, estará, no próximo sábado, 3, entre as principais atrações musicais da Festa do Divino, na cidade de Urucará. Neguinho estará no palco montado na praça principal do município, encerrando o evento, que tem início marcado para as 19h.

No dia 11, o intérprete da BeijaFlor de Nilópolis faz show em Manaus, no Moai Restobar, na Avenida do Turismo, no bairro Tarumã.

Nas duas apresentações, Neguinho da BeijaFlor, além de cantar sucessos, como ‘Deusa da Passarela’, ‘Ângela’ e ‘Bem melhor que você’, incluirá no repertório algumas inéditas autorais, que estarão em seu próximo trabalho, o CD e DVD ‘O resumo’, que será lançado em agosto.

Entre as novas composições, Neguinho cantará ‘O resumo’, ‘Graças a Deus’, ‘Meu modo de amar’, ‘Luiza Flor Morena’ – em homenagem à filha mais nova – e algumas com letras mais irreverentes, como ‘Ricardão Ciumento’, inspirada na situação que enfrenta um amigo com ciúmes do marido da amante.

“Não passo mais de um ano sem fazer show no Estado, que considero ter o povo mais receptivo do País e que gosta bastante do meu trabalho. É um povo muito musical”, afirmou o artista.

Neguinho destaca que na capital amazonense tem a sensação de estar em casa. “Costumo dizer pros meus amigos, e até em entrevistas, que se não tivesse nascido no Rio de Janeiro, gostaria de ser manauara, pois me sinto em casa. Nos últimos anos, quando tenho show em Manaus, fico na casa do meu amigo e parceiro Murilo Rayol. E lá, depois dois shows, que meus fãs me procuram pra bater papo sobre samba. Desta vez, como vou ficar na cidade por mais de 10 dias, pra não dar trabalho, vou ficar no Hotel do Largo, onde também vou receber todo mundo”, revela o artista.