Palácio Rio Negro comemora 22 anos com programação gratuita

Programação ocorre nesta quarta-feira (28) e conta com música, dança e teatro. Atividades serão realizadas das 8h às 19h30

Manaus – Nesta quarta-feira (28), o Palácio Rio Negro completa 22 anos como Centro Cultural e, para comemorar a data, promoverá uma intensa programação com apresentações de grupos de teatro, dança e música do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro. As atividades ocorrem das 8h às 19h30, e a entrada é gratuita.

Uma ampla programação faz parte das comemorações de aniversário (Foto: Michael Dantas/SEC)

Durante todo o dia, os visitantes poderão fazer a tradicional visita guiada com monitores caracterizados de personagens da Belle Époque e assistir a um documentário sobre a história e a construção do Palácio.

Haverá apresentações da Camerata de Violões, Teatro de Bonecos, Madrigal Ivete Ibiapina, Coral Infantojuvenil, Rosa Dança de Salão e do Coro de Câmara da Orquestra Sinfônica da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), sob regência do maestro Hermes Coelho.

“O repertório transitará do clássico ao popular. Na primeira parte do programa serão apresentados um trecho da Missa Festival, do compositor John Leavitt, e algumas canções sacras. Na segunda parte, as músicas ‘Pela Luz dos Olhos Teus’, ‘Dia Branco’ e uma ‘Suite Amazônida’, composta por toadas”, destacou Coelho.

O maestro Adonay Júnior, da Camerata de Violões, explicou que o grupo abrirá as apresentações com um repertório eclético. “Reunimos canções regionais como ‘Baião Fluvial’ (Adelson Santos) e ‘Festa do Beiradão’ (Adonay Jr), além de clássicos da Música Popular Brasileira, como ‘Águas de Março’ (Tom Jobim) e ‘Se Todos Fossem Iguais a Você’ (Tom e Vinicius de Moraes). Também teremos algumas internacionais, como ‘Sweet Child O’ Mine’ (Guns n’ Roses) e ‘A Thousand Years’ (Christina Perri)”, afirmou o maestro.