Ramon Marola se apresenta na Vila Vagalume com o projeto ‘Acordes, Canção e Poesia’

O evento acontece nesta quinta-feira (17), a partir das 20h

Manaus – Nesta quinta-feira (17), o cantor, compositor e intérprete Ramon Marola se apresentará na Vila Vagalume 80 (Avenida Fernão Dias Paes, 80, D. Pedro I), com o projeto ‘Acordes, Canção e Poesia’. O evento inicia às 20h e o acesso custa R$ 5.

Marola ficou conhecido por sua atuação na banda carnavalesca Pororoca Atômica (Foto: Divulgação)

O cantor e compositor apresenta um projeto de música independente, produzindo um repertório de estilo variado, passeando pela melancolia do blues, o saudosismo do samba, a regionalidade do carimbó e o escárnio romântico das muitas faces do que se convencionou chamar de brega, transformando-os em poesias e textos literários que retratam as dores e alegrias do cotidiano da sociedade atual e a perspectiva existencial da individualidade de cada sujeito, explorando temas da atualidade como depressão, ansiedade e relacionamentos líquidos.

“Acordes, Canção e Poesia é a gênese do projeto Marola e Os Filhos da Rua, banda manauara plurigênero que forma sua linha de diálogo a partir da reflexão sobre a vida íntima e a práxis coletiva da sociedade pseudomoderna”, explica.

Marola ficou conhecido por sua atuação na banda carnavalesca Pororoca Atômica, na qual animou blocos e festas por quatro anos. Em 2019, resolveu sair da banda para explorar novos horizontes. “Senti a necessidade de apresentar um repertório brasileiro, além de minhas composições e parcerias diversas com pessoas próximas do meu convívio, que trocam experiências pessoais relacionadas a perspectivas políticas, raciais, de gênero e sexualidade, de forma poética e intimista. Por isso, quis me expressar para além de um repertório carnavalesco e recebi muito incentivo desses amigos músicos e produtores e decidi me aventurar num projeto solo e autoral”.

Artista residente da Vila Vagalume há pouco mais de oito meses, Marola tem exercitado sua veia artística em todas as expressões como pintura, música, cenografia e moda. “A Vila desperta muito essa criatividade em nós. Somos praticamente possuídos por um desejo de transformar tudo neste espaço de forma que as pessoas que têm acesso sintam-se estimulados a despertar o artista dentro de cada um”, finaliza.

Em sua apresentação na Vila Vagalume com o projeto ‘Acordes, Canção e Poesia’, Marola será acompanhado por Mauro Lima (violão) e Renan Haijin (percussão).

Anúncio