Resenha da Rafa x Gênesis traz MC Naninha e mistura de ritmos na Praia do Abaré

Evento terá 12 horas de duração com diversas atrações

Manaus – Duas festas vão juntar os ritmos rap, funk, techno e house em um lugar com vista de tirar o fôlego. A Resenha da Rafa x Gênesis, com a atração nacional MC Naninha, acontece neste sábado (8), na Praia do Abaré, localizada à Rm – Estr. Iate Clube – Tarumã, Manaus.

(Foto: Divulgação)

A festa terá duração de 12 horas e tem como finalidade trazer uma grande fusão e reunir pessoas para curtir o maior open vibe da cidade. Clique aqui para comprar ingressos.

A funkeira, MC Naninha, cria da Zona Oeste do Rio de Janeiro é a aposta nacional desta edição, ela é dona de hits como “me separei”.

Além de muita música, a Resenha da Rafa também abre espaço para artistas visuais mostrarem suas artes para rodas de conversas, grupos de dança e para a cena do graffiti nortista. A Resenha nasceu na Betânia, bairro de origem da sua produtora, DJ e rapper, Rafa Militão. O intuito é abrir espaços para os artistas locais, principalmente aos que chamam de minoria, pessoas pretas, LGBTQIA+, periféricos.

Gênesis nasce de uma necessidade de trazer a música eletrônica de volta para a comunidade queer na cena local de Manaus. É uma odisseia entre o Techno e o Classic House, entre a musicalidade brasileira do funk, groove e batekoo, fomentando não só a cultura, mas sempre buscando espaços para corpos plurais, em prol de respeito e equidade.

O evento acontece na Praia do Abaré. Situado às margens do Rio Negro, local espaçoso com estacionamento próprio e amplo. As pessoas conseguem chegar até o local de uber ou carro mesmo sem precisar atravessar o rio. “Só colocar abaré recepção no mapa ou uber”, explica Mateus Tavares, idealizador da festa Gênesis.

De acordo com Militão, o evento é aberto a todos os públicos e sua maior pretensão é reunir pessoas para que apreciem uma boa arte.

Anúncio