Retomada de aulas presenciais exige cuidado redobrado nas escolas

Após três meses de portas fechadas, as escolas da rede particular em Manaus retomam suas atividades educacionais no próximo dia 6 de julho

Manaus- Após três meses de portas fechadas, as escolas da rede particular em Manaus retomam suas atividades educacionais no próximo dia 6 de julho, segundo definido pelo decreto 42.330, que orienta a reabertura das atividades econômicas no Amazonas. Mas, como ainda não há um remédio para o combate efetivo ao coronavírus e nem vacina que previna o contágio, os desafios para o retorno às aulas presenciais são grandes e exigem protocolos de segurança muito bem elaborados, com mudanças que vão de novos hábitos de higiene a novas formas de convivência entre alunos, professores e colaboradores.

(Foto: Divulgação)

Nessa linha, o Centro de Ensino Técnico (Centec) desenvolveu o ‘Guia de Convivência Segura’, com base nas recomendações da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde. Em linguagem fácil, direta e acessível, as novas ‘regras’ são apresentadas pelas mascotes do Centec, os jovens Théo e Duda, visando uma identificação maior com quem estuda e trabalha na escola.

“Estamos aqui para pedir a sua ajuda. Para convivermos com segurança e permanecermos saudáveis, precisaremos adotar novos hábitos e comportamentos”, dizem os personagens logo na abertura do Guia, que foi todo dividido em tópicos para facilitar o entendimento.

Recomendações

O trabalho, feito por uma equipe multidisciplinar, traz recomendações sobre o distanciamento dentro das salas de aula e corredores da escola, utilização de equipamentos de proteção individual, higienização das mãos e calçados, sanitização dos ambientes e, claro, para o convívio social.

“Estamos muito otimistas, acreditamos que o espírito de todos nessa volta ao novo normal é de recuperação do tempo perdido”, diz confiante a diretora de ensino do Centec, Eliana Cássia de Souza.

Investimentos

Segundo a educadora, a escola investiu pesado na compra de equipamentos de proteção individual e coletiva, como máscaras, álcool gel, tapetes sanitizantes, termômetro digital e muito material informativo visual.

Os equipamentos e produtos de higiene estarão disponíveis nas recepções e andares de ambas as unidades Centec, localizadas na avenida Djalma Batista, e em cada uma haverá um responsável por medir a temperatura dos alunos e colaboradores, bem como para averiguar se estão cumprindo com a utilização obrigatória de máscaras, que será indispensável. Outra medida é que, a cada troca de turno, todas as carteiras, banheiros, salas, corredores e demais áreas comuns serão devidamente higienizados.

Distanciamento

Entre todas as medidas adotadas, a do distanciamento social está entre as mais importantes e difíceis de serem alcançadas num local com frequência regular de grande público, por isso, esse item mereceu atenção especial da direção da escola.

Todas as salas de aula terão lugares demarcados para as carteiras, com distanciamento de um metro e meio entre cada uma. Além disso, num primeiro momento, O Centec adotará um sistema de escala para frequência de aulas, a fim de diminuir o fluxo de pessoas e evitar aglomerações.

“Será um sistema híbrido, com 50% dos alunos presenciais nas segundas e quartas, e outros 50% presenciais às terças e quintas. Às sextas, as aulas serão online e a carga horária semanal será complementada com atividades assíncronas, como pesquisa, estudo e exercícios orientados pelos professores”, explica a coordenadora de projetos, professora Nathalia Flores.

Dessa forma, as plataformas de aula online continuarão a serem utilizadas, pois se constituem parte integrante e muito importante para o alcance do devido distanciamento social. Os serviços como os da secretaria escolar, coordenação de estágio e coordenação pedagógica também continuarão sendo realizados online. O atendimento presencial deverá acontecer somente quando for imprescindível, respeitando o atendimento de 1 aluno por vez.

Infelizmente, nesse momento, também estão proibidos abraços, beijos e apertos de mãos, mas não a cordialidade. Para isso, o Centec orienta que os alunos, professores e colaboradores adotem um comportamento sem contato físico, mas sempre amigável e com um sorriso no rosto. Mesmo que as máscaras o cubram, ele será perceptível pelo olhar.