Sai lista de premiados em festival de dança

Alunos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro competiram com a elaboração e execução de coreografias que foram apresentadas e avaliadas de forma online

Manaus –  Saiu nesta sexta-feira (9), a relação dos vencedores do 1º Festival de Dança Claudio Santoro. O evento reuniu mostras competitiva e de resultados com o objetivo de incentivar a participação dos alunos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro na elaboração e execução de coreografias e identificar, valorizar e dar visibilidade a talentos em potencial.

Francisca Santa Bastos, Maria Elita e Vanda Maria foram contempladas com a apresentação ‘Dança para Melhor Idade’; Aglynes Maina, Girlandia Carvalho e Victor Hugo Batista em ‘Cursos Livres’, categoria sob comando do instrutor Naldo Estrela. Cleydson Ribeiro, Mykau da Silva e Roberto Nascimento foram classificados na categoria ‘Cursos Avançado’, do instrutor Eduardo Amaral; enquanto Nicole Castro, Rainara Pinheiro e Tonnielhys Valentina se destacaram na categoria ‘Dança para Crianças’, das instrutoras Alana Cibelle e Rosângela.
Os vencedores ganharão uma medalha, certificado da Mostra Competitiva e terão seus vídeos divulgados nas páginas oficiais da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Amazonas (@culturadoam).

Os vencedores receberão medalhas e certificados (Foto: Divulgação)

Avaliação

A curadoria do Festival foi constituída por profissionais de reconhecido mérito, indicada e presidida pela Direção e da Coordenação Artística do Núcleo de Dança do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro. Os curadores avaliaram critérios como Criação Coreográfica, Desempenho Técnico, Performance Artística, Musicalidade e Trilha Sonora. Foram selecionados seis vídeos de cada categoria para voto popular.
Apresentações
Os vídeos selecionados foram divulgados no dia 5 de outubro, nas redes sociais oficiais do evento (@liceudoam), com os nomes das coreografias. A votação ocorreu entre 5 e 7 de outubro, por meio de curtidas, visualizações e compartilhamentos dos vídeos. Os materiais com maior número de curtidas, visualizações e compartilhamentos foram classificados em 1°, 2° e 3° lugar.

A mostra teve como objetivo apresentar e avaliar os resultados das aulas ministradas remotamente durante o período de pandemia. Os alunos deveriam enviar os vídeos para os instrutores, que selecionaram as coreografias que foram disponibilizadas nas plataformas digitais.
O evento do Liceu também teve uma a programação acadêmica com diversas atividades, entre elas, a roda de conversa ‘Bailarinos negros e a dança’, um debate sobre medidas para mudar o cenário racista no segmento; a palestra ‘Dança e inclusão’, com Marta Patrícia e a oficina ‘Tik Tok: dança e mídia’.

Anúncio