Saiba como prevenir o câncer de útero

O médico ginecologista Gerson Mourão explica sobre a doença e como evitá-la

Manaus – No ultimo sábado, 8 de Maio foi o Dia do Câncer de Ovário, esse é um tipo de câncer que aparece nas mulheres logo após a menopausa. Porém, já podemos diminuir seu aparecimento fazendo as jovens usarem a pílula anticoncepcional, pois diminui em 50% tanto o câncer de ovário como só o corpo do útero, como diz o médico ginecologista Gerson Mourão.

O ginecologista conta ainda que outra maneira de evitar o câncer de ovário, seria quando precisar fazer a retirada do útero devido a miomas ou hemorragias em mulheres próximo da menopausa. Outro fator preventivo é evitar o acúmulo de peso, a prática de exercícios físicos também diminuem o seu aparecimento, aconselha Gerson Mourão.

O câncer de ovário é silencioso, geralmente não causa sintomas perceptíveis, um percentual de 85% são descobertos tardiamente daí a importância de um exame de ultrassom transvaginal após os 50 anos para descobrir precocemente. A grande questão deste tumor não é pelo número mas pela alta mortalidade.

O câncer de ovário é o câncer ginecológico mais agressivo, 85% são descobertos em estágios avançados e portanto a maioria são mortais o que motivou a preocupação mundial daí ter sido reservado 8 de maio o dia mundial do câncer de ovário . Segundo dados estudados no estado estão previstos para este ano no Amazonas cerca de 80 casos.

As causas do câncer de ovário: 85% a causa é desconhecida e quase sempre ocorrem após menopausa 15% tem história na família o que aumenta enormemente a chance de ter este tumor e nestes casos está indicada a retirada dos ovários em toda paciente próximo da menopausa que vá fazer a retirada do útero.

Apenas 5% são de causa conhecida ou seja genética acontecendo em mais de 90 % antes dos 40 anos e neste caso é quase sempre fatal daí ter recomendação de retirar o ovário antes dos 40 anos neste grupo.

As mulheres com maior chance são : mulheres na pós menopausa ,quem nunca teve filho ,sedentária, obesa , ter alguém na família,além daquelas que tiveram câncer de mama e corpo do útero (mas não colo uterino).

Fatores protetores

Mais de 10 anos do uso de anticoncepcional diminui a chance de desenvolver em 50% tanto ovário como corpo do útero.
Importante fazer uma vez por ano uma ultrassonografia vaginal para descobrir precocemente e ter a chance de cura onde deve ser realizada por meio de intervenção cirúrgica, finalizou o médico Gerson Mourão.

Anúncio