Turismo em São Gabriel da Cachoeira para quem gosta de aventura

Com uma população predominantemente indígena, São Gabriel da Cachoeira encanta visitantes por belezas naturais

São Gabriel da Cachoeira – O município de São Gabriel da Cachoeira, que comemorou esta semana 128 anos de existência, é um dos destinos amazonenses mais procurados para quem gosta de aventura. Localizado a 851 quilômetros de Manaus, a cidade destaca-se por abrigar 23 etnias indígenas. Possui 90% da população composta por índios e descendentes.

Uma dica é subir até o topo da Serra Bela Adormecida (Foto: Divulgação)

O município é o local de partida para quem deseja chegar ao ponto mais alto do Brasil: o Pico da Neblina, com 2.992 metros de altura. O Parque Nacional do Pico da Neblina encontra-se sobreposto à reserva dos Yanomami, sendo necessário obter permissão dos indígenas para entrar. Na cidade, é possível obter informações sobre como fazer essa excursão.

Aventura

Para quem gosta de escalada, uma dica é subir até o topo da Serra Bela Adormecida, localizada às margens do Rio Negro, em São Gabriel. Outra sugestão é conhecer a reserva biológica do Morro dos Seis Lagos. Localizado a 70 km ao norte da sede do município, o local chama a atenção por abrigar lagos que possuem, cada um, uma coloração diferente. Esse fenômeno é resultante da grande quantidade de minérios que existe no subsolo.

A Arte Educadora, Djane Sena, que visitou a cidade na última semana, considera que São Gabriel é um local mítico e encantador. “Para cada lugar que você olhe é possível perceber a influência indígena. Até na igreja temos grafismos”, explica. Ela disse que indica uma visita à cidade. ‘É um local lindo!”.

Como chegar

A maneira mais rápida de chegar ao município de São Gabriel da Cachoeira é de avião. A MAP Linhas Aéreas mantém voos saindo de Manaus aos domingos e quartas-feiras.