Comerciante morre durante tiroteio em flutuante da zona leste de Manaus

Além da vítima, mais duas pessoas ficaram feridas na festa clandestina

Manaus – A comerciante Luane da Silva Ferreira, 26, morreu e uma mulher de 25 e um homem de 20 anos ficaram feridos, em um tiroteio durante uma festa clandestina em um flutuante, na madrugada deste sábado (8), no fim da Rua Padre Mario, Comunidade Onze de Maio, bairro Colônia Antônio Aleixo, zona leste de Manaus.

De acordo com os policias militares da 28ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a guarnição foi acionada por volta de 0h15, para um tiroteio em um flutuante particular na Comunidade Onze de Maio.

(Foto: Natasha Pinto / GDC)

Os policias foram até o local e muitas pessoas já haviam saído do flutuante, inclusive o autor dos disparos, que atingiu três pessoas. Luane morreu no local, enquanto a mulher de 25 anos foi atingida na perna direita e o homem 20 também foi atingido em região não informada.

Os feridos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), onde foram encaminhados para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, na mesma zona. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), esteve o local e acompanhou a remoção do corpo do vítima pelo Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia Civil continua investigado o caso, onde ainda não se sabe o que teria motivado o tiroteio no flutuante, onde estava havendo uma festa clandestina, descumprindo o decreto governamental.

Anúncio